Taxistas cercam motorista de Uber e retiram turistas do carro em Porto Seguro

Ataques ao transporte por aplicativo no 2º maior destino turístico da Bahia mostra crise de autoridade em Porto Seguro. Por que taxistas estão agindo dessa forma? Porque prefeitura e Polícia estão permitindo que cenas como a de quarta-feira em Caraíva não resultem em punição.

O que aconteceu

Uma motorista de Uber, aplicativo de transporte que opera em todo o planeta, foi cercada por taxistas na região de Caraíva, litoral sul de Porto Seguro, nesta quarta-feira, 27 de novembro. Eles retiram do carro do Uber os passageiros (e bagagens) que estavam indo para o aeroporto da cidade e transferiram para um táxi. A cena foi gravada em video.

Taxistas cercam motorista de Uber e retiram passageiros. Absurdo!

A motorista registrou Boletim de Ocorrência na delegacia de Arraial D’Ajuda. A Associação de Motoristas de Uber está reunida na manhã desta quinta-feira, 28/11, para tomar as providências cabíveis. 

Faroeste no sul da Bahia

Agindo ilegalmente como ‘autoridades’ do trânsito com poder de polícia, os taxistas mais uma vez passaram dos limites. Eles alegam que a corrida não estava sendo feita por aplicativo. E se fosse, qual poder tem taxistas para abordar um veículo cadastrado no Uber desse jeito e retirar os passageiros? Porto Seguro virou faroeste?

Liminar garante Uber

A motorista que sofreu o ataque enviou ao Bahia40graus cópia de uma liminar do juiz de direito Rafael Montoro, da Comarca de Porto Seguro, expedida em dezembro de 2018, assegurando o transporte por aplicativo e  determinando que o município e o Detran não pratiquem sanções ou qualquer medida repressiva que restrinjam ou impossibilitem o transporte por aplicativo na cidade. 

Até quando?

Até quando a prefeita Cláudia Oliveira vai empurrar a situação com barriga?