Menu

SWF file not found. Please check the path.

25 de Abril de 2017

Saiba por que os médicos cubanos foram embora

Na semana passada, os médicos cubanos que prestavam serviço na rede municipal de Saúde local se despediram após o encerramento do contrato. Muitos médicos cubanos que participaram do programa ‘Mais Médicos’ não querem mais voltar pra Cuba. Alguns deles moveram ações na justiça brasileira, em diversos estados, para continuarem morando no Brasil. Em meio ao impasse, o Ministério da Saúde anunciou que 710 vagas que seriam destinadas a profissionais cubanos devem agora ser ocupadas por médicos brasileiros. O governo cubano também suspendeu o envio de um grupo de médicos que chegari em abril. Segundo o Ministério da Saúde, 8.500 médicos brasileiros formados aqui e 2.200 formados no exterior que se inscreveram na última chamada do programa devem ser chamados para ocupar as vagas.

Leia mais ...

Eventual dobradinha Wagner-Otto para o Senado pode tirar Ronaldo Carletto da chapa majoritária governista

Em entrevista à rádio Metrópole de Salvador, nesta segunda (17), o ex-governador Jaques Wagner(PT) disse que pretende  ter ao seu lado o senador Otto Alencar (PSD) de novo na chapa majoritária, agora numa eventual dobradinha para o Senado. Apesar de Otto ainda ter mais 4 anos de mandato, ele pode se candidatar a mais 8 anos. A dobradinha tiraria de Ronaldo Carletto o sonho de disputar o Senado na chapa governista.

“Otto é muito forte. Por toda relação que construímos ao logo desses seis anos… ele lançou minha candidatura em santo Antônio de Jesus. Tem muita gente tentando plantar discórdia. Sabe que o grupo de Rui estará fortíssimo. Se ele lançou a minha candidatura, também lanço a dele”, disse o petista, durante a entrevista. 

LISTA FECHADAWagner disse ainda que defende a votação em lista fechada, sistema de votação de representação proporcional em que os eleitores votam apenas em partidos, e não nos candidatos, que seriam enfileirados pelas próprias legendas. “Na hora que fizer a lista não sobram dez partidos. Ninguém vai entrar em uma lista que não faça coeficiente mínimo. Uma porção de partidos que fica gravitando em torno de lista grande, não vai fazer lista”, apostou.

 

 

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777