Menu
Banner Prefeitura TOPO
18 de Outubro de 2018

Prefeito de Cabrália canta vitória que não teve

Irmão da prefeita de Porto Seguro e cunhado do prefeito de Eunápolis, trio de investigados na Operação Fraternos, o prefeito de Cabrália Agnelo Júnior (PSD) não ganhou nada na eleição de 7 de outubro. O que resultado das urnas mostra é que a cidade está dividida politicamente, bem diferente de 2016, quando ele ganhou as eleições com 71% dos votos válidos. Agnelo perdeu quase todo seu capital eleitoral e não tem mais a confiança do eleitor.

Larissa, sobrinha do prefeito, apesar da ajuda da máquina municipal e das obras de asfaltamento em tempos de eleição, teve só 7 votos a mais que o Cacique Aruã e 191 a mais que Jânio Natal. Confira:

Larissa (PSD) - 2.249 votos

Cacique Aruã (PCdoB) - 2.247

Jânio Natal (Podemos) - 2.058 

Portanto, não dá pra Agnelo cantar vitória. Mesmo porque o eleito foi Jânio Natal (49.497) deixando Larissa (38.799) bem pra trás na contagem geral, com mais de 10,6 mil votos de frente. O prefeito de Cabrália não tem o que comemorar. Caso ele sobreviva à Operação da Polícia Federal, ainda terá pela frente um cenário eleitoral em 2020 bem diferente da facilidade que encontrou em 2016.

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus

© 2018 | Todos os direitos deste texto são reservados pela Lei nº 9.610/98 a Carlos Geraldo Alves, jornalista e editor do Bahia40graus. A sua publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia é proibida. Caso tenha interesse em utilizar o texto entre em contato com o autor pelo whats app (73) 99814-6777.

 

Leia mais ...

Apesar do apoio de ACM Neto, Alckmin teve menos votos que Cabo Daciolo em Salvador

  • Publicado em Bahia

Apesar de ser coordenador nacional da campanha e maior apoiador na Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), não conseguiu dar mais votos para seu candidato a presidente, o tucano Geraldo Alckmin, do que os votos obtidos pelo concorrente menos expressivo Cabo Daciolo (Patriota) na capital baiana. Alckmin teve o pior desempenho do PSDB em eleições presidenciais de sua história.

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ex-governador de São Paulo ficou com 2,08% dos votos válidos do eleitorado em Salvador. Apenas 28.239 votos. Com o 4º melhor desempenho entre os presidenciáveis na capital baiana, Daciolo teve 3,01%, o que correspondeu a 40.760 votos.

O petista Fernando Haddad foi o mais votado na cidade governada por ACM Neto com 47,75% dos votos válidos. Em 2º lugar, vem Jair Bolsonaro (PSL), com 27,81%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 14,43%.

 

Zonas eleitorais – Haddad ganhou em todas as zonas eleitorais da cidade e Bolsonaro venceu em apenas duas: a 1ª (formada por bairros como Barra, Graça, Vitória, Garcia, Campo Grande e Canela) e a 13ª (que inclui bairros como Pituba, Itaigara, Costa Azul e Stiep).

Leia mais ...

Jânio Natal reeleito aumenta força política na Costa do Descobrimento

  • Publicado em Bahia

 

O deputado estadual Jânio Natal (Podemos) consolidou sua fama de bom matemático, conseguindo se reeleger com quase 50 mil votos (49.497), dessa vez no disputado chapão formado por partidos aliados do governador Rui Costa (PT). Ele continua sendo o único representante da região da Costa do Descobrimento na Assembleia Legislativa, agora com mais força junto ao governo estadual.

Leia mais ...

Adolfo Viana (PSDB) passa dos 100 mil votos e é eleito deputado federal

  • Publicado em Bahia

O jovem deputado estadual Adolfo Viana (PSDB), de 37 anos, foi o único tucano a ser eleito na Bahia para deputado federal, com 102.603 votos. Da mesma legenda, o ex-prefeito de Salvador Imbassahy disputou a reeleição uma vaga para a Câmara Federal, mas ficou na suplência com 66.320 votos. Adolfo Viana ampliou sua base eleitoral, contando este ano com apoio de novas lideranças políticas também no extremo sul, como o ex-prefeito de Eunápolis, Neto Guerreiri, e o vice Flávio Baiôco.

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777