Menu
18 de Janeiro de 2018

Tito Fonseca está deixando direção do Hospital Regional de Eunápolis

  • Publicado em Bahia

Uma fonte segura do governo municipal informou que Tito Fonseca está deixando a direção administrativa do Hospital Regional de Eunápolis (HRE), na reformulação da equipe de Saúde da nova secretária Anara Sartório, que assume pra valer a partir de segunda-feira, 15 de janeiro. 

Tito, que não quis falar sobre a situação, se apresentava como subsecretário, vai continuar na estrutura da prefeitura, mas em outra área da administração. O Hospital Regional está sendo devolvido ao governo do Estado. Ainda não há informações sobre quem vai assumir a direção geral do HRE.

Leia mais ...

Prefeitura de Eunápolis recorre à Justiça para devolver Hospital Regional ao Estado

Depois de inúmeras recusas sem sucesso junto ao governador Rui Costa e ao secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas, a prefeitura de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, recorreu à Justiça pedindo para que o Estado assuma o Hospital Regional, que segundo o prefeito em exercício Flávio Baiôco custa aos cofres municipais mais de R$ 2 milhões por mês, com uma contrapartida de pouco mais de R$ 500 mil do governo estadual. São mais de 24 milhões de reais por ano. A Sesab e o governador já foram notificados.

De portas abertas para atender pacientes do extremo sul e outras regiões, o Hospital Regional não consegue dar conta da demanda, vive criticado pelo atendimento precário (com constantes casos de erros médicos) e consome grande volume de recursos próprios que poderiam melhorar a rede municipal de atenção básica e ainda os programas de saúde nos bairros.

A secretária municipal de Saúde, Stela Souza, que está deixando o cargo esta semana, teria sido contra a decisão do prefeito em exercício, que justificou a medida: “Em Porto Seguro e Teixeira de Freitas o governo do estado banca os hospitais públicos, queremos o mesmo tratamento para Eunápolis, nossa população merece. O município não pode continuar sangrando para cobrir o rombo do Hospital Regional que poderia já estar sendo administrado e custeado pelo Estado”, disse o prefeito. 

“Notificamos o Estado com prazo de 90 dias para que adotem as medidas necessárias à retomada de posse do Hospital Regional, que é uma unidade de saúde de extrema importância para toda a nossa região e nada mais justo do que o Estado retomar sua gestão, possibilitando ao nosso município o investimento em unidades próprias e ao próprio Regional uma gestão com maior capacidade de investimento. Com a gestão do Regional sob a tutela do Estado toda a nossa região será beneficiada”, concluiu Baiôco.

Um dos problemas a ser criado caso o Regional passe para o Estado é a questão da residência dos alunos do futuro curso de Medicina na cidade. Existe convênio assinado pelo município disponibilizando o hospital para esta finalidade.  

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777