Menu
Banner Prefeitura TOPO
20 de Agosto de 2018

PSB não se conforma com a senadora Lídice da Mata fora da chapa de Rui Costa: “erro histórico”, diz partido

  • Publicado em Bahia

NOTA DO PSB DA BAHIA - NA ÍNTEGRA 

O PSB da Bahia manifesta publicamente sua indignação e sua total inconformidade com a decisão de excluir da chapa majoritária encabeçada pelo governador Rui Costa o nome da senadora Lídice da Mata.

No momento em que a luta da mulher cresce no mundo inteiro, inclusive no Brasil, o campo progressista apresenta uma chapa só de homens para o eleitorado baiano. Esta exclusão revela um profundo equívoco na condução do processo político.

Entendemos que a reeleição de Lídice seria um direito e um dever da esquerda baiana e brasileira e atenderia a qualquer critério individual ou a um conjunto de critérios adotados.

O critério ideológico na medida em que Lídice sempre, em todas as circunstâncias políticas teve um comportamento de absoluta lealdade com os ideais socialistas e democráticos da esquerda. Além disso, tem representado com a eficiência e dignidade a mulher brasileira na política. Tem sido também a voz de representação dos movimentos sociais e populares, e o critério político porque Lídice em toda a sua história como vereadora, deputada federal, prefeita, deputada estadual e senadora vem sustentando posições coerentes, inclusive ao lado do PT.

Pelo critério político, Lídice foi a primeira prefeita de capital a apoiar a candidatura de Lula a presidente em 1994. Primeira a apoiar Wagner para governador, antes mesmo que o PT oficializasse essa posição. Como senadora votou contra o impeachment e contra todas as reformas apresentadas pelo governo Temer. Participou ativamente da movimentação contra a prisão de Lula, sendo a única senadora baiana a estar com ele na sede do Sindicato dos Metalúrgicos e na sede da Policia Federal em Curitiba, onde ex-presidente está preso.

Não é sem razão que a senadora Gleisi Hoffmann, o senador Lindbergh Farias, o senador Humberto Costa, a senadora Fátima Bezerra todos do PT e mais o senador Roberto Requião e a senadora Wanessa Grazziotin, manifestaram publicamente o apoio à reeleição de Lídice da Mata. Como senadora, Lídice tem representado os interesses da Bahia no Senado Federal, os interesses do Governo Estadual e das Prefeituras, dos trabalhadores e dos empresários de diversas áreas econômicas do estado, com destaque para o cacau, o turismo, a tecnologia, e a indústrias colocando sempre a educação como seu tema prioritário.

E, por fim, pelo critério eleitoral, em que Lídice desponta com 26% da preferência dos eleitores colocando-se em segundo lugar, logo abaixo do ex-governador Jaques Wagner, com 36%. O deputado Ângelo Coronel obteve apenas 3% da preferência popular.

O PSB da Bahia não terá compromisso com este erro histórico, porém, mais uma vez coerente com a sua própria história, reafirma seu apoio à candidatura de Rui Costa e de Jaques Wagner para Senador da República.

Agradecemos as generosas ofertas do deputado Jutahy Magalhães Júnior, do ex-ministro João Santana e do ex-prefeito João Henrique, mas por um dever de coerência política e ideológica, inclusive ressaltado pelo prefeito ACM Neto, declinamos delas.

Agradecemos ainda a solidariedade pública do PSOL em relação à exclusão da senadora da chapa e a todas as manifestações de apoio a reeleição de Lídice da Mata nas redes sociais, nas ruas, dos militantes de partidos de esquerda, de movimentos sociais e populares, dos estudantes, da Universidade, em especial, ao eleitor, que vem mostrando toda adesão e confiança no mandato da senadora.

Após o 2 de julho, o PSB marcará uma nova reunião para deliberar os rumos que a senadora Lídice da Mata deve tomar.

 

Leia mais ...

Lídice vai responder no TRE-BA acusação de receber caixa 2 eleitoral

  • Publicado em Bahia

 

Agora a senadora Lídice da Mata (PSB) vai precisar, mais do que nunca, da reeleição. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello mandou para o TRE-BA (Tribunal Regional Eleitoral) o inquérito contra a senadora socialista, aberto após delação de um dos executivos da Odebrecht, José de Carvalho Filho. Segundo o decano do STF, os supostos crimes teriam sido cometidos por Lídice quando ela exercia os mandatos de deputada estadual, em 2006, e de deputada federal, em 2010. Sendo assim, ela não teria prerrogativa de foro privilegiado. A senadora é acusada de ter recebido R$ 200 mil da Odebrecht para sua campanha em 2010. O valor, segundo um dos delatores, não foi declarado à Justiça eleitoral.

Leia mais ...

PSB desmente boatos e defende chapa de ‘esquerda’ com Lídice e Wagner

  • Publicado em Bahia

NOTA A IMPRENSA 

O PSB da Bahia votará em Rui Costa (PT), porque sua candidatura à reeleição representa a melhor opção para a esquerda baiana. E reconhece nele um gestor eficiente. A nossa posição é coerente com a nossa história política, onde estivemos sempre: na esquerda.  

Vale lembrar que em 2006, nos posicionamos favoravelmente à candidatura de Jaques Wagner ao Governo do Estado antes mesmo do seu próprio partido. Ajudamos a Bahia a encerrar um ciclo triste, de autoritarismo e conservadorismo, pois acreditávamos no projeto capitaneado por Wagner como o melhor para a Bahia e para o povo baiano. 

Em 2014, no primeiro turno das eleições, seguimos um movimento nacional do nosso partido, que teve candidatura própria à Presidência da República, e como consequência construímos um palanque local no pleito eleitoral. Iniciado o segundo turno, o PSB da Bahia tomou a posição de  marchar junto à presidente Dilma Rousseff, representante das forças de esquerda no segundo turno daquela eleição presidencial. 

Não é de agora que fazemos parte deste projeto. Essa longa história de resistência tem como marcos eleitorais as vitórias contra o Carlismo, com Mário Kertez em 1985, com Waldir Pires em 1986 e com Lídice da Mata em 1992, elegendo pela primeira vez uma mulher de esquerda para a prefeitura de Salvador. 

Nos tempos atuais, a senadora Lídice da Mata foi uma das pioneiras em sugerir a pré-candidatura de Jaques Wagner ao Senado Federal. O PSB foi também um dos primeiros partidos a defender a chapa Lídice-Wagner para o Senado Federal. 

A acusação de que o PSB não defende a candidatura de Wagner é falsa. Visa escamotear o debate necessário entre o conjunto heterogêneo de forças políticas que integram a base de Rui Costa. 

Entendemos que a unidade em torno da candidatura de Rui tem que ser construída num debate franco, ético e político e não de forma mesquinha, com critério personalista e com a criação de intrigas. 

A unidade da esquerda e das forças progressistas em torno de uma chapa liderada por Rui Costa e tendo Lídice e Wagner como candidatos ao Senado é, sem dúvida, o caminho mais coerente e seguro para a vitória em 2018. 

Executiva Estadual do PSB 

 

Senadora Lídice da Mata (PSB-BA)

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777