Menu
Banner Prefeitura TOPO
20 de Setembro de 2018

Mais um ataque a carro-forte da Prosegur na Bahia deixa um vigilante morto e outro ferido

  • Publicado em Bahia

A insegurança nas estradas baianas não para. Um ataque a mais um carro-forte da empresa Prosegur, dessa vez na BR-116 no município de Boa Nova, na região sudoeste, deixou um vigilante da empresa morto e outro ferido na noite de segunda-feira, 17 de setembro. Segundo informações da Polícia Militar, o veículo foi interceptado por criminosos no momento em que passava na rodovia. Os ladrões, como sempre, fugiram depois da ação e são procurados. Ainda não se sabe se o grupo conseguiu levar o dinheiro que estava no carro-forte.

De acordo com o jornal Correio, o corpo do vigilante Aelson Oliveira Santos, de 47 anos, foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista. O outro vigilante foi socorrido na cidade de Poções. A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que ‘o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado está investigando o caso’.

Leia mais ...

Mais um assassinato brutal em Porto Seguro

Apesar de ser intensa nos bairros populares, a violência ameaça inibir o turismo, principal fonte de renda do município.

 

A fama de ser uma das cidades mais violentas da Bahia não deixa Porto Seguro em paz, apesar da cidade da Costa do Descobrimento, no sul da Bahia, viver um bom momento nas férias escolares agora em julho, com milhares de turistas lotando as praias, restaurantes, festas, passeios, além de hotéis e pousadas. O esforço das polícias - Militar e Civil - é grande, mas a criminalidade não dá trégua.

 

Mercado do Povo - Na noite desta sexta-feira, 20 de julho, Givaldo Chaves Santos, de 42 anos, foi morto a tiros na Rua 4 de maio, bairro Mercado do Povo, em Porto Seguro, segundo informações do site local Namidia. O crime aconteceu por volta das 21 horas. A polícia ainda desconhece a motivação.  

Leia mais ...

Duas tentativas de homicídio marcam o fim de semana em Eunápolis

Duas tentativas de homicídio marcaram o fim de semana em Eunápolis, de acordo com informações da 7ª Cia Independente da Polícia Militar.

Sexta-feira - 9/6 - Ao investigar denúncia feita por volta das 21 horas de disparos de arma de fogo na Rua Projetada, no bairro Pequi, PMs localizaram a vítima, Juliana Prates, de 28 anos, alvejada quando passava de motocicleta no logradouro. Ela relatou aos policiais que um homem desceu de um Pálio prata e efetuou os disparos. Juliana foi atendida no Hospital Regional com ferimentos no braço e quadril, mas não corre risco de morte.

Outra tentativa - Na mesma noite, por volta das 23:20 horas, a ronda do 1º Pelotão da PM no bairro Pequi recebeu informações de que havia um homem caído na Rua Santa Rita vítima de agressão. Os PMs localizaram  Lionardo Gomes Nascimento, morador do bairro recanto das Árvores (Minas Gerais), que não soube dizer aos policiais a motivação do crime nem quem poderia ser o autor. Uma unidade do SAMU foi chamada ao local e constatou que a vítima foi atingida provavelmente por uma faca nas costas. Após receber os primeiros socorros Lionardo foi conduzido para o Hospital Regional e seu estado de saúde é estável, não correndo risco de morte.

Leia mais ...

Videos mostram PMs agredindo jovem e mulher grávida em festa

  • Publicado em Bahia

Matéria e imagens do Correio24horas

Uma abordagem iniciada por quatro policiais militares, no último domingo (3), causou a revolta de dezenas de pessoas no Centro Histórico de Salvador. Elas presenciaram uma tentativa desastrada de condução de um jovem, flagrado com um cigarro de maconha, no Largo do Santo Antônio Além do Carmo.

A confusão por conta de um baseado terminou ainda com uma mulher, segundo as testemunhas, grávida, agredida por um dos PMs a tapas, socos e puxões de cabelo.

"Fazendo isso com um usuário de maconha. Vai atrás do traficante", brada uma das testemunhas que tem áudio captado no vídeo. As reações contrárias à abordagem são diversas, conforme mostra um vídeo de 11 minutos gravado por uma turista alemã e obtido pelo jornal Correio.

"Ridículo! Covardia!", comenta outro rapaz, no momento em que os policiais tentam colocar o jovem dentro da viatura do 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Centro Histórico). "Chega! Chega! Chega!", gritam em coro algumas pessoas, com a continuidade da abordagem truculenta.

Diante da forma violenta como o jovem é abordado e revistado, mesmo em praça pública, durante os festejos da Trezena de Santo Antônio, as pessoas o aconselham a não entrar na viatura, já que fora dali o tratamento poderia ser ainda pior. O jovem, não identificado, resiste, e chega a perguntar se pode ser acompanhado até a delegacia por uma mulher que está por perto.

Mulher agredida - Sete minutos depois do início da gravação, quando o jovem está prestes a ser colocado à força nos fundos da viatura, os apelos da população para que ele não aceite ir com os policiais aumentam. 

CLIQUE AQUI PRA VER MAIS TRUCULÊNCIA DA PM

"Não entre, não, que isso é covardia", dizem algumas testemunhas, se dirigindo ao rapaz. Algumas sugerem que ele pode ser morto. 

Isso irrita um dos policiais, que parte para cima de uma mulher, dando-lhe um tapa na cara, seguido de outras agressões como socos e puxões de cabelo.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777