Menu
Banner Prefeitura TOPO
17 de Outubro de 2018
GERALDINHO ALVES

GERALDINHO ALVES

MP apura origem de bens de fiscais da prefeitura

O Ministério Público investiga auditores fiscais da Prefeitura de São Paulo pela suspeita de que eles enriqueceram de forma ilícita. Contra três deles há ainda indícios de corrupção ativa e passiva, além de improbidade administrativa. Todos os inquéritos foram abertos a partir de suspeitas encaminhadas à Promotoria pela Controladoria Geral do Município, órgão da prefeitura criado neste ano. O órgão cruzou informações sobre os bens adquiridos pelos servidores e os seus rendimentos e descobriu que eles eram incompatíveis.

Agora, o Ministério Público investiga se o enriquecimento se deu por meio de crimes como os apurados na operação que descobriu um esquema de extorsão a empresas por fiscais do ISS. Esse esquema, que levou quatro auditores à cadeia, pode ter resultado no desfalque de R$ 500 milhões em impostos não recolhidos em troca do pagamento de propina. Da Folha de São Paulo.

Marighella recebe homenagem póstuma em SP

A Comissão da Verdade do Estado de São Paulo e a viúva de Carlos Marighella, Clara Charf, fizeram nesta segunda-feira (4) um ato na alameda Casa Branca, na região da avenida Paulista, para lembrar a data do assassinato do militante, ocorrido nessa rua há 44 anos, durante uma emboscada da polícia. De acordo com a versão oficial, Marighella foi morto em um tiroteio entre agentes policiais do Departamento de Ordem Política e Social (Dops) de São Paulo e membros da Ação Libertadora Nacional (ALN), organização que liderava.

De acordo com Clara Charf, o importante da homenagem é marcar uma posição perante a história, porque muitas pessoas não sabem que Marighella foi morto naquela rua, em 4 de novembro de 1969. "Ele veio se encontrar com os padres [frades dominicanos que simpatizavam com a causa] porque queria que ajudassem a tirar os perseguidos políticos do país pela fronteira. A polícia montou todo um esquema e transformou essa rua em um horror. Ele entrou de peito aberto como sempre, sem saber que aquilo tudo o que havia na rua era apenas um cenário."

Governo investe R$ 500 milhões no interior

Ambulâncias, carros-pipa, ônibus escolares, patrol e retroescavadeira, que representam investimento de R$ 500 milhões, estão sendo entregues esta semana pelo Governo do Estado a prefeituras baianas.  A ação é um dos destaques do Conversa com o Governador desta terça-feira (5). “Eu tenho certeza que os prefeitos e prefeitas saberão fazer bom uso desses equipamentos, sempre melhorando a vida das pessoas”, diz Jaques Wagner.

PSB deixa governo baiano em dezembro

Conforme antecipado pelo Bahia40graus, o PSB decidiu deixar a base aliada do governo baiano. A senadora Lídice da Mata anunciou que o partido deixará a base no próximo mês de dezembro. Todos os cargos relacionados ao partido serão entregues, segundo a senadora. O PSB ocupa apenas um cargo no primeiro escalão, a secretaria de Turismo comandada por Domingos Leonelli. Mas há cargos em escalões secundários que também deverão ser enttegues.

A senador porém fez uma observação: a saída do PSB da base não significa rompimento com o governador Jaques Wagner nem adesão ao campo da oposição.

"O governador já disse que não nos apoiará, o que não quer dizer que eu seja uma candidatura da oposição", diz Lídice. "Apenas não serei a candidata do governador e da base do governador".

A senadora acalentava ser o nome da base governista apoiada por Wagner. A colocação da pré-candidatura à Presidência da República do governador de Pernambuco Eduardo Campos, numa aliança com a ex-senador Marina Silva, tornou inviável esse apoio. Com informações do jornal A Tarde.

Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777