Menu
Banner Prefeitura TOPO
22 de Junho de 2017

PSB deixa governo baiano em dezembro

Conforme antecipado pelo Bahia40graus, o PSB decidiu deixar a base aliada do governo baiano. A senadora Lídice da Mata anunciou que o partido deixará a base no próximo mês de dezembro. Todos os cargos relacionados ao partido serão entregues, segundo a senadora. O PSB ocupa apenas um cargo no primeiro escalão, a secretaria de Turismo comandada por Domingos Leonelli. Mas há cargos em escalões secundários que também deverão ser enttegues.

A senador porém fez uma observação: a saída do PSB da base não significa rompimento com o governador Jaques Wagner nem adesão ao campo da oposição.

"O governador já disse que não nos apoiará, o que não quer dizer que eu seja uma candidatura da oposição", diz Lídice. "Apenas não serei a candidata do governador e da base do governador".

A senadora acalentava ser o nome da base governista apoiada por Wagner. A colocação da pré-candidatura à Presidência da República do governador de Pernambuco Eduardo Campos, numa aliança com a ex-senador Marina Silva, tornou inviável esse apoio. Com informações do jornal A Tarde.

Leia mais ...

Dilvan Coelho: Renasceu a esperança de um novo tempo em Teixeira de Freitas

Sempre ela, a esperança!

Em Teixeira de Freitas, mesmo a administração estando mal avaliada, renasceu a esperança de um novo tempo com a aprovação dos projetos no Ministério das Cidades e a consequente vinda dos recursos do PAC, de valores nunca imaginados: R$ 222 milhões. Porém, a população está descrente que o montante seja realmente liberado para uma única cidade. Caso sejam liberados, sendo aplicados corretamente, daqui a três anos Teixeira terá outra cara e viveremos em outra cidade, não mais em uma grande favela.

Não basta realizar obras

Em Teixeira, mesmo os recursos saindo e as obras sendo realizadas é preciso que o gestor passe para a população que existe ética, transparência e eficiência em sua administração. Há vários exemplos em que muito se realizou e o gestor não concluiu o mandato. O maior foi em Porto Seguro com Ubaldino Júnior, que, na época do descobrimento, transformou a cidade em um canteiro de obras e foi apeado do poder. Até hoje está impedido de voltar devido às acusações que ainda recaem sobre ele, se tornando escândalo nacional. Aqui, o MP está pegando no pé do prefeito.

Entender o momento

O sucesso de uma campanha eleitoral depende do momento e da técnica. O mais difícil é entender o momento, isso porque o número de variáveis é infinito. Daí é que após uma vitória cada um se acha o dono dela devido a algum feito realizado. No município, após o resultado da eleição, em cada esquina se encontrava um dono da vitória de João Bosco e ele fez questão de distribuir o mérito a todos. Ocorre que a grande verdade é que perde a guerra quem erra mais. O fato de o prefeito ter distribuído os cargos atendendo a compromissos de campanha até hoje está tendo dificuldade de governar.

É preciso parecer honesto

Existe uma frase proferida pelo Imperador Romano Júlio César que ficou na história da humanidade e cada vez mais é difundida até pelo marketing comercial: “À mulher de César não basta ser honesta, tem que parecer honesta”. O mesmo se pode falar de um governante, além de ser honesto, é preciso passar a imagem de honesto. Em Teixeira de Freitas, as licitações milionárias e contratos sem licitações fizeram com que a imagem do prefeito se desgastasse. Por conta disso, existem dois processos de Ação Civil Pública contra o prefeito, promovidos pelo MP. Cabe ao gestor provar na Justiça a lisura das ações de seu governo, ou, continuará com a imagem comprometida.

Quem ama cuida!

Em todos os lugares existe situação e oposição. Ainda bem, porque, do contrário, seria ditadura. A oposição deve exercer um papel importante, que é fiscalizar quem está no governo e denunciar quando necessário. Contudo, a oposição, a qualquer governante, não deve ser cega e raivosa, pois, quando isso ocorre prejudica o andamento do governo e vira denuncismo. Essa atitude a população rejeita naturalmente. Na realidade, todos devem contribuir de alguma forma para que as coisas aconteçam de forma positiva. Caso contrário, atrapalha sua cidade, seu Estado e país. Por isso, podemos dizer: quem ama cuida, quem não ama, atrapalha!

Erros a serem evitados

Todos os governantes devem procurar evitar três erros no exercício do mandato: 1-promessa não cumprida; 2 - acusação grave não respondida; 3 - declaração comprometedora.  A maioria dos governantes durante a campanha eleitoral elabora programas de governo mirabolantes, mas, quando ganha, engaveta, achando que o povo esquece porque tem a memória curta. Ledo engano. Quando são realizadas as pesquisas antes de cada eleição, os itens que depõem contra a maioria dos que estão no poder são estes três. Por esta razão, a reeleição está ficando cada vez mais difícil.

Aviso aos navegantes:

Tanto o Blog, quanto a coluna “Foco no Poder” tem uma missão traçada desde a sua criação: debater o contexto político buscando a imparcialidade através do equilíbrio. Às vezes, tentam desviar nossa rota devido ao radicalismo dos extremos, no entanto, temos a convicção de que a grande maioria da população, de qualquer lugar, não deseja o quanto pior melhor.

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777