Menu
18 de Janeiro de 2018

Salvador: crimes contra a vida diminuem 13%

Salvador apresentou em outubro uma diminuição de 13% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte -, comparando ao mesmo mês do ano passado. Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na mesma comparação, a redução foi de 13,8% nos crimes contra a vida. No acumulado do ano (janeiro a outubro), na capital, a queda foi de 13,2% nos CVLIs, enquanto o índice na RMS recuou 17,3%.

Os dados foram apresentados durante reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida nesta quinta-feira (7), na sede do Ministério Público Estadual, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O encontro, que acontece a cada quinze dias, foi presidido pelo governador Jaques Wagner.

ENFRENTANDO A VIOLÊNCIA

O Comitê Executivo do Pacto pela Vida reúne representantes do Judiciário, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Defensoria Pública, secretarias estaduais, entre outras instituições na articulação de ações de enfrentamento à violência.

Leia mais ...

Mais um assalto a banco no interior da Bahia: um morre

O assalto a agência do Banco do Brasil da cidade de Mucugê, na manhã de quarta-feira (6), deixou de saldo uma pessoa morta e duas baleadas. Mucugê fica na região da Chapada Diamantina, a 448 km da capital Salvador. Os bandidos fugiram levando reféns que foram libertados na zona rural do município. A quantia roubada não foi informada pela banco.
Segundo o jornal A Tarde, a ação da quadrilha  teve início pouco antes das 9 horas, quando os oito homens chegaram à cidade em dois carros,  quase todos vestidos com roupas semelhantes às do Exército e usando capuzes e chapéus. Os assaltantes estavam armados com fuzis e pistolas, segundo testemunhas, invadiram a agência do BB, na Praça Coronel Propércio, atirando para o alto e nas paredes; quebraram as vidraças e porta giratória com tiros e a marretadas, depois retiraram os clientes e os colocaram de mãos dadas na frente da agência, fazendo um escudo humano.


Enquanto alguns bandidos atiravam para o alto e faziam ameaças, aos gritos, na frente da agência, outros saqueavam o banco e aguardavam o horário programado para abertura do cofre principal. O clima de terror tomou conta da cidade por cerca de 30 minutos. Quando o bando se preparava para deixar a agência, foi surpreendido por policiais militares da Caesg e da Cipe (comumente chamados de catingueiros), que se aproximaram atirando contra a frente do banco. Durante o revide, três reféns foram baleados: o lavrador Paulo Batista Alves, 36 anos, nas costas (região do quadril), Orlando Santos Silva, 39 anos, e Verailda Silva Ferreira, 53 anos, ambos em uma das pernas. Com os militares nas proximidades, os bandidos deixaram o banco levando seis reféns. Na saída, jogaram muitos papéis, moedas e cédulas de pequenos valores na praça, na tentativa de provocar tumulto e impedir que a polícias os seguissem.

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777