Menu
Banner Prefeitura TOPO
19 de Julho de 2018

Belmonte recebeu mais de R$ 9 milhões do Fundeb no semestre, segundo apuração da TV Santa Cruz

População está dividida sobre fechamento da prefeitura esta semana para conter gastos.

 

Será que o prefeito de Belmonte, Janival Andrade, está chorando de barriga cheia? Segundo a TV Santa Cruz, o município recebeu mais de R$ 9 milhões do Fundeb nos primeiros 6 meses deste ano. Janival, que é irmão do deputado estadual Jânio Natal, alega que a crise está “insustentável” e que a prefeitura acumula um déficit mensal de R$ 500 mil no Fundeb, sendo que no ano passado a conta na Educação teria ficado no vermelho em mais de R$ 5 milhões. A população está dividida sobre a medida radical que o prefeito disse ter tomado para chamar a atenção do governo federal sobre o cenário da crise local.

CLIQUE AQUI PARA LER MAIS SOBRE O ASSUNTO

Leia mais ...

Com prefeitura de Belmonte fechada, prefeito Janival diz que situação financeira do município está insustentável

  • Publicado em Poder

Ao contrário do que foi divulgado pelo site, alunos não serão prejudicados com recesso de uma semana por estarem de férias.  

Em contato com o Bahia40graus, o prefeito de Belmonte, Janival Andrade, informou que a rede municipal de ensino está de férias e os alunos não serão prejudicados com o recesso iniciado na prefeitura nesta segunda-feira, 16 de julho, por conta da crise financeira, como foi noticiado pelo site. Janival confirmou as demais informações de que apenas os serviços essenciais de saúde e limpeza pública estarão funcionando durante esta semana.

Déficit mensal de R$ 500 mil na Educação

O prefeito disse ainda que Belmonte, além da queda do FPM, acumula déficit mensal de R$ 500 mil nas despesas do Fundeb e que a folha de pagamento da Educação está enxuta. Ele lembra que o município tem mais de 2 mil km², com muitas estradas vicinais e que demanda transporte escolar com rotas longas. 

Com a paralisação das atividades da prefeitura durante esta semana, Janival quer chamar a atenção para a grave crise financeira vivida pelo município, que segundo ele “está criando uma situação insustentável”, com um prejuízo de quase R$ 5 milhões em 2017.        

Leia mais ...

Prefeito de Belmonte fecha a prefeitura alegando crise financeira

O prefeito de Belmonte, Janival Andrade, eleito vice na chapa com o irmão Jânio Natal em 2016, assumindo após a renúncia surpreendente de Jânio, que preferiu continuar como deputado estadual, decretou recesso de uma semana na prefeitura local alegando crise financeira, fechando a prefeitura e aproveitando que a rede municipal de ensino está de férias. A medida radical está sendo atribuída a queda de 37% na receita do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), cenário previsto pelo Bahia40graus logo após a greve dos caminhoneiros. Janival também reclama da queda nos repasses do Fundeb.  

Quase tudo parado - Todas as atividades da prefeitura estão suspensas a partir desta segunda-feira, 16 de julho, retornando na outra segunda (23). De acordo com Nota enviada à imprensa, durante o recesso só funcionarão os serviços essenciais (já precários): postos de saúde e limpeza pública, além das emergências que demandem ação da prefeitura.

MATÉRIA ATUALIZADA ÀS 10:13 HS PARA CORRIGIR INFORMAÇÃO DE QUE AS ESCOLAS TINHAM SIDO FECHADAS

Leia mais ...

TJ-BA pode derrubar greve dos professores de Itabela a qualquer momento

Impasse prejudica alunos e a educação.

A educação em Itabela vive um momento difícil, às custas do sacrifício dos alunos. As aulas estão paradas há uma semana por conta de uma greve iniciada no último dia 4, tendo como pano de fundo a luta pelo pagamento de 60% dos precatórios do Fundef, dilema que tem versões contraditórias:

 

1 - O advogado Antônio Pitanga, assessor jurídico da prefeitura, garante que o prefeito Luciano Francisquetto não pode usar o dinheiro dos precatórios para pagar abono aos professores. Ele alega que os órgão fiscalizadores já emitiram pareceres a respeito impedindo o pagamento;

 

2 - A prefeitura inclusive pediu ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em Salvador, que declare a greve ilegal. O resultado pode sair a qualquer momento;

 

3 - Por outro lado, APLB local e a maioria dos vereadores entendem diferente. Defendem que o pagamento é legal e que o município já tem legislação específica a respeito. Os professores em greve distribuíram panfletos à população para explicar o movimento.

 

4 - 60% dos recursos dos precatórios recebidos pela prefeitura de Itabela estão bloqueados por decisão do juiz Roberto Freitas, que deu prazo à prefeitura para apresentar um plano de uso dos recurso.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777