Menu

SWF file not found. Please check the path.

24 de Janeiro de 2017

Guaratinga: empresa de coleta de lixo contratada sem licitação pode ter bancado farra com participação de servidores da prefeitura

Guaratinga não dá sorte com seus gestores. A cidade acaba de eleger a prefeita Cristine Pinto (PSD), que chegou trazendo esperança de renovação na política local. Ela foi candidata tampão escolhida pela família após o pai dela, o ex-prefeito Ademar Pinto, se tornar ficha suja e ficar inelegível.

A nova prefeita decretou situação de emergência 24 horas após tomar posse. O decreto autoriza a prefeitura a contratar sem licitação serviços que a prefeita considere essenciais e inadiáveis. A limpeza pública é um desses serviços e a prefeita contratou sem licitação a Brasil Imperial, microempresa de Itabela, cidade vizinha, para fazer a coleta de lixo emergencial pelo valor de R$ 348 mil, em duas parcelas mensais de 174 mil reais.

Vídeo – Até aí tudo bem. Gera suspeita, mas pode estar dentro da legalidade. O que ninguém esperava era ver um vídeo nas redes sociais mostrando uma farra onde servidores municipais, inclusive do secretário de Finanças, e o empreiteiro da Brasil Imperial debocham da gestão anterior. Um dos protagonistas do vídeo afirma que “a meta é fazer em quatro mês (sic) o que Kenoel (ex-prefeito) não fez em quatro anos”. Alguém também afirma na filmagem, certamente feita de celular, que o patrocínio da farra seria da Brasil Imeprial. O jornal AGazeta Bahia, do jornalista Jackson Domiciano publicou o vídeo e chamou de “Primeiro escândalo do ano” na manchete da reportagem. Veja o video a seguir:

Mídia

voltar ao topo
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777