Menu
Banner Prefeitura TOPO
22 de Junho de 2017

Lula nega todas as acusações de corrupção e lavagem de dinheiro

O Brasil está voltado para o depoimento de Lula na Lava Jato. Acusado em cinco processos, o ex-presidente da República nega todas as acusações, mas sua defesa se baseia apenas em dizer que sofre “perseguição política”. O depoimento ao juiz Sérgio Moro está marcado para as 14 horas, na sede da Justiça Federal de Curitiba (PR), com a imprensa do lado de fora. O clima na cidade é tenso, os partidos de esquerda e movimentos sociais levaram manifestantes à capital paranaense, inclusive de fora do País, como mostrou o Jornal Nacional, na terça, exibindo dois ônibus com bolivianos apoiadores de Lula. Apoiadores da Operação Lava Jato também estão mobilizados. 

Na hora do depoimento, uma câmera focará apenas o réu, sem o juiz, na gravação padrão da Justiça federal. Não haverá transmissão em tempo real. Lula deve responder a uma das duas ações que estão nas mãos do magistrado, na qual é acusado pelos crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro por supostamente ser o dono oculto de um apartamento no Guarujá e ter recebido favores da OAS para manter o espólio de presentes recebidos na presidência. 

Leia mais ...

Esta terça é o último dia para os eleitores justificarem ausência nas últimas 3 eleições

Eleitores em dívida com a Justiça Eleitoral, por não ter votado nem justificado a ausência nas últimas três eleições ou ainda não pagou as multas correspondentes, têm até esta terça-feira, 2 de maio, para regularizar a situação. A pena para quem não fizer a regularização deve ser o cancelamento de seu título. Para efeito de cancelamento, a legislação considera cada turno um pleito diferente. O universo da irregularidade nos títulos atinge 1,8 milhão de eleitores em todo o Brasil, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em São Paulo (SP), esse número chega a 118.837 eleitores; no Rio de Janeiro (RJ) o total é de 119.734; em Belo Horizonte (MG) são 26.570; em Salvador (BA), 31.263; e em Porto Alegre (RS), 18.782.

O cancelamento automático dos títulos de eleitores ocorrerá entre 17 a 19 de maio de 2017. Os eleitores com voto facultativo (analfabetos, eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos) ou com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral não necessitam comparecer ao cartório para regularizar a situação.

 

Para regularizar o título no cartório eleitoral, o eleitor deverá apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa. (Com informações da Agência Brasil)

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777