Menu
Banner Prefeitura TOPO
17 de Dezembro de 2017

Um milhão de jovens fora da escola e sem trabalho na Bahia

  • Publicado em Bahia

No ano passado, na Bahia, de acordo com o IBGE, cerca de 1 milhão de jovens, entre 16 e 29 anos, não trabalhavam nem estudavam. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 15 de dezembro.

Assim como ocorreu no país como um todo, a proporção dos jovens desocupados na Bahia cresceu a partir de 2014, com maior intensidade entre 2015 e 2016 – reflexo principalmente da saída de jovens de ocupações no mercado de trabalho.

Considerando-se os jovens de 16 a 29 anos, no estado, a percentagem dos que não estudavam nem trabalhavam se manteve relativamente estável entre 2012 (26,0%) e 2015 (25,5%). Em 2016, ela passa a 30,5% ou cerca de 1 milhão de pessoas.

Um exército que se torna presa fácil da criminalidade, principalmente o tráfico de drogas.

 

 

 

Leia mais ...

Robôs vão desempregar de 400 a 800 milhões de pessoas até 2030

Entre 400 e 800 milhões de trabalhadores em todo o mundo podem ficar sem emprego até 2030 devido a automação da indústria, aponta um estudo da McKinsey Global Institute, dos EUA. Os robôs vão assumir os postos de trabalho, especialmente nos países desenvolvidos. Nos países mais pobres, a mão de obra barata ainda vai compensar para a indústria.

A McKinsey analisou o efeito da robotização em 46 economias que representam quase 90% do PIB mundial. Além disso, fez projeções detalhadas do impacto da automatização em seis países: Estados Unidos, China, Alemanha, Japão, México e Índia.

As mudanças tecnológicas atingirão com mais força os trabalhadores com menos estudo. As pessoas com formação universitária e pós-graduação serão menos afetadas. Entre as atividades mais prejudicadas destacadas pela consultoria estão os operadores de máquinas e os funcionários de redes de fast food, além de trabalhadores que fazem coleta e processamento de dados.

“Ocupações que exigem alto nível de especialização ou uma alta exigência de interação social e emocional serão menos suscetíveis até 2030”, diz o estudo. 

Apesar dos efeitos esperados no mercado de trabalho, os pesquisadores destacam que a inovação, o crescimento econômico adequado e os investimentos podem gerar empregos suficientes para compensar os postos de que serão perdidos pra os robôs.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777