Menu
Banner Prefeitura TOPO
21 de Abril de 2018

PF investiga fraudes nos mutirões de glaucoma no interior da Bahia

  • Publicado em Bahia

Nesta terça, 27 de março, a Polícia Federal deflagrou a Operação Lanzarote, que apura fraudes relacionadas à gestão do Projeto Glaucoma, em Guanambi, no sudoeste baiano. Foram 5 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra o sócio administrador do Instituto Oftalmológico da Bahia (IOBA) – os mandados foram cumpridos em Guanambi e Brumado, na Bahia, e em Aracaju e Itabaiana, no estado de Sergipe. 

O programa investigado foi instituído pelo Governo Federal e consiste no cadastramento e contratação de instituições de saúde para o tratamento oftalmológico de pacientes com glaucoma. Diversos mutirões foram promovidos no estado. 

A suspeita é de que os mutirões em Guanambi recebiam repasses do Ministério da Saúde em quantidade superior à capacidade física instalada para atendimentos. Segundo a PF, foi verificada a ocorrência de falsos diagnósticos de glaucoma, inclusive com a prescrição e utilização de colírios por pacientes, sem necessidade, por períodos de até dois anos. A clínica investigada teria recebido, entre 2013 e 2017, a quantia total de R$ 9,4 milhões.

Leia mais ...

Urnas sob suspeita: peritos da PF defendem o voto impresso

  • Publicado em Brasil

Agora não é mais choro de perdedor nem desconfiança da imprensa ou partidos, a Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF) decidiu levar ao presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Luiz Fux, um posicionamento em defesa do uso do voto impresso nas eleições de outubro.  

Os peritos federais defendem que, além da possibilidade de uma falha de sistema, a medida seria fundamental caso seja necessário auditar o pleito, por exemplo. Especialistas e estudantes da Universidade de Campinas (Unicamp) identificaram aspectos vulneráveis na urna eletrônica durante os testes de segurança e vão repetir as análises nos dia 7 e 8 de maio.

Leia mais ...

Supostas fraudes no processo seletivo de Eunápolis estão sendo investigadas

O Ministério Público estadual em Eunápolis está investigando algumas denúncias de supostas fraudes no processo seletivo simplificado realizado pela prefeitura de Eunápolis este mês para preencher o quadro geral da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes. Mesmo com todo o aparato de fiscalização montado pela Secretaria de Administração a malandragem de plantão ousou tentar fraudar o certame. mas os tempos estão mudando.

 

Leia mais ...

Ministério Público no pregão presencial pode evitar esquemas na licitação

  • Publicado em Bahia

A grande corrupção nas prefeituras ainda nasce dos esquemas 'legalizados' nas licitações, de acordo com 99% das denúncias que são investigadas e acabam em punição na Justiça. Mas é um mal que pode ser combatido na raiz com a presença de um promotor do Ministério Público estadual, no caso de contratação relevante feita com recursos próprios e de um procurador da República, no caso de verba federal.

 

Seria uma ação preventiva simples que fulminaria com boa parte das fraudes no setor, que ainda continuam acontecendo, apesar de tantas operações da Polícia Federal em curso. No caso de pregão eletrônico, os órgãos deveriam acompanhar o certame em tempo real também. Enquanto isso, parece que continua tudo como dantes no quartel de Abrantes.  

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777