Menu
Banner Prefeitura TOPO
20 de Agosto de 2018

Fraudes no hospital de Guaratinga colocam sob suspeita as gestões de Kenoel e Christine. Ministério Público tá na cola

  • Publicado em Poder

A temperatura está subindo.

As denúncias feitas pelo vice-prefeito de Guaratinga, Ezequiel Xavier, no início do ano, com grande repercussão na imprensa regional, apontando supostos desvios de recursos da Saúde no hospital Joana Moura, já mobilizaram a Polícia Federal e os ministérios públicos Estadual e Federal. O cerco está se fechando contra os suspeitos de fraudarem o faturamento das AIHs (Autorizações de Internações Hospitalares) do SUS. As duas gestões, a anterior de Kenoel Viana e da atual prefeita Christine Pinto respondem às investigações.

Versões - Tanto o ex-prefeito Kenoel, quanto a prefeita Christine dizem que são inocentes. A prefeita ainda diz que mandou apurar o fato assim que tomou conhecimento. Uma servidora já foi demitida, o então secretário de Saúde do período da denúncia feita pelo vice-prefeito pediu demissão, “mas esses são considerados ‘peixes pequenos’ diante do grande volume de desvios”, diz Ezequiel Xavier. O viés político pode atrapalhar as investigações, uma vez que os dois gestores disputam o poder na cidade.

Guaratinga - Enquanto isso, a pobre e explorada população de Guaratinga, cidade de 23 mil habitantes encravada no extremo sul baiano, a 700 km de Salvador, assiste o desfecho do caso, sem ter ao menos uma saúde pública de qualidade para desfrutar.

Impunidade - Infelizmente, é a política brasileira onde as famílias dominam os currais eleitorais na base do chicote, do coronelismo e do abuso do poder econômico, alimentado pela corrupção, graças à impunidade.

Leia mais ...

Deputado Marcell Moraes é denunciado por colocar em risco a saúde humana, animal e ambiental

  • Publicado em Bahia

O deputado estadual Marcell Moraes é alvo de denúncias do Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia (CRMV-BA) por abuso de poder econômico e irregularidades em campanhas itinerantes de castração e vacinação de animais que o parlamentar realiza em municípios da Bahia. A denúncia foi encaminhada à Procuradoria Regional Eleitoral, segundo o site BocãoNews. O Conselho diz que o parlamentar “pratica atos assistencialistas às vésperas da campanha eleitoral”. Em outras duas denúncias apresentadas ao Ministério Público - estadual e federal -, no dia 30 de julho, o CRMV-BA diz que as ações de Marcell colocam em risco a saúde humana, animal e ambiental. B.O.

Eunápolis - No mês passado, pessoas que se apresentaram como prepostos do deputado Marcell Moraes tentaram realizar uma campanha de vacinação e castração de animais numa praça da cidade de Eunápolis, extremo sul da Bahia, mas foram impedidas por ação preventiva da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária e Centro de Controle de Zoonoses.

Marcell - O jovem deputado se defende: “Me deixa triste porque o Conselho não faz nenhuma ação para os animais. Só faz ação contra Marcell. O que acontece é que na Bahia são 200 mil animais de rua. Qual ação do Conselho? Eu incomodo os veterinários gananciosos que só querem lucrar em cima dos animais”, declarou, ao citar que o serviço de castração chega a custar até R$ 1 mil em algumas clínicas.

Marcell é pré-candidato a reeleição, também negou que suas investidas tenham cunho eleitoral. “Estranhamente só sai na imprensa contra Marcell. Isso ocorre desde que eu era vereador. Trabalho com isso há 18 anos. Hoje estou deputado estadual, mas vou continuar as campanhas com ou sem mandato”.

Mais acusações contra as campanhas itinerantes:

1 - Falta de autorização prévia das respectivas vigilâncias sanitárias

2 - Falta de anotações técnicas obrigatórias nas cadernetas de vacinação, o que pode provocar danos à saúde do animal e interferir o controle de zoonose e a eficácia da campanha de cada município

3- Ausência de responsáveis técnicos devidamente habilitados pelo Conselho

4 -  Os restos de tecidos dos animais, medicamentos, anestésicos, objetos perfurocortantes etc, provenientes dos procedimentos, são descartados de forma indevida contaminando o meio ambiente

5 - Veterinários estariam atuando nas campanhas cometendo infrações profissionais, segundo o Conselho

Marcell nega todas as acusações.

Leia mais ...

Policlínica de Teixeira de Freitas tem contratos investigados pelo Ministério Público após denúncia. Veja as empresas denunciadas

  • Publicado em Bahia

O Ministério Público estadual (MP-BA) abriu um inquérito para investigar irregularidades supostamente cometidas por três empresas que têm contratos com o Consórcio Interfederativo do Extremo Sul (CIES), responsável pela gestão da Policlínica de Teixeira de Freitas, inaugurada em novembro do ano passado.

 

Os alvos da  apuração são as empresas Policlínica Ultradoctor, o Laboratório Vistalab e a Pharma Serviços Farmacêuticos, todas com sede no região extremo sul da Bahia. Elas também têm contratos com a prefeitura de Teixeira de Freitas, comandada por Temóteo Brito (PSD). A investigação é conduzida pelo promotor George Elias Pereira. A Pharma tem como sócio Juliano Ferreira da Mota, que é diretor executivo do consórcio. A informação é da coluna Satélite do jornalista Luan Santos, do Correio.

 

Falsificação de documentos - O MP não se pronunciou sobre a investigação, mas, segundo apurou a Satélite, os contratos com as três empresas possuem irregularidades, que foram levadas à Promotoria. Entre os fatos denunciados estão a contratação delas sem licitação e a falsificação de documentos.

Leia mais ...

Coelba perdeu! Contas de luz voltam a ser pagas nas casas lotéricas

  • Publicado em Bahia

Depois de causar transtornos aos consumidores baianos com o fim do convênio com as casas lotéricas, a Coelba se viu obrigada a restabelecer pagamento das contas de luz nas lotéricas. O Ministério Público estadual foi decisivo para que a empresa monopolista no fornecimento de energia elétrica na Bahia voltasse atrás. Os cortes no fornecimento também foram suspensos por 5 dias para quem atrasou o pagamento da conta devido a suspensão do convênio com a Caixa Econômica.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777