Menu
Banner Prefeitura TOPO
22 de Setembro de 2018

Pesquisas Ibope e Datafolha apontam polarização entre petistas e antipetistas

  • Publicado em Brasil

As eleições presidenciais estão contaminadas pelo radicalismo. Brasil pode mergulhar mais ainda numa crise preocupante.

 

Quando se pensava que em 2018 o Brasil iria finalmente encontrar uma saída equilibrada na política entre a esquerda e a direita, as eleições de outubro caminham para a radicalização, com o candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL), militar da reserva, liderando há meses as intenções de votos para presidente da República, enquanto o candidato da esquerda, Fernando Haddad (PT), vem galopando e ocupando o 2º lugar, deixando para trás os demais concorrentes. A disputa eleitoral virou uma batalha entre lulistas e anti-lulistas, segundo os cenários apontados pelo Ibope e Datafolha.

 

Lulismo - O lulismo tem como ‘mito’ Luís Inácio Lula da Silva, líder do PT, partido que governou o País de 2003 a 2016, quando o Congresso Nacional cassou a então presidente Dilma. Lula está preso na cidade de Curitiba, condenado a 12 anos e um mês por corrupção, mas os petistas mantém o discurso de que a prisão seria “perseguição política, sem provas e que o impeachment foi golpe”.

 

Anti-lulismo - Capitão da reserva do Exército, Jair Bolsonaro encarna o anti-lulismo e é chamado de “mito” pelos correligionários. Nunca ocupou cargo no Executivo, defende ideias radicais sobre temas polêmicos e sofreu um atentado a faca há pouco tempo no interior do estado de Minas Gerais. Consegue a simpatia do segmento evangélico, de pessoas indignadas com a situação do País, mas também o ódio de setores feministas. Segundo as pesquisas, ele tem a ida ao 2º garantida, mas há quem aponte a possibilidade dele vencer no 1º turno.

 

 

Paixão - Nos grupos de whatsapp e no facebook, simpatizantes dos 2 candidatos se digladiam com troca de provocações, insultos, ofensas e agressões. A paixão ainda move a política em um País com imensa desigualdade social, a população desescolarizada, a extrema pobreza voltando a emergir, 15 milhões de desempregados, grande parte das família endividadas nos bancos que cobram juros criminosos, os serviços públicos precários - educação, saúde, segurança, infraestrutura - e os políticos enlameados em sucessivos escândalos de corrupção.

 

Leia mais ...

“Governador Rui Costa tem ódio do servidor público”, diz Zé Ronaldo

  • Publicado em Bahia

O candidato Zé Ronaldo, da Coligação Coragem para Mudar a Bahia, disse hoje que o atual governador Rui Costa trata o servidor público de uma forma perversa e até mesmo sádica. “Eu não sei por que o governo do PT tem tanto ódio do servidor público. São seis anos sem conceder um reajuste. Isto é lamentável”, atacou.

Segundo o candidato, desde 2006 que a Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab) vem denunciando que 12 mil trabalhadores no estado sequer recebem o valor do salário mínimo, que atualmente é de R$954,00. “Essa situação vexatória não vai acontecer em meu governo”, diz Zé Ronaldo, lembrando que, em quatro mandatos como prefeito de Feira de Santana, nunca deixou de dar reajuste anual ao servidor da prefeitura.  “Eu tenho enorme respeito pela categoria e sei que, realizando uma gestão eficiente, é possível reajustar os salários todos os anos”.

Segundo Zé Ronaldo, a desculpa dada pelo atual governo para justificar o reajuste zero é a de que o Estado está no limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. Mas um estudo realizado pelo Dieese já revelou o contrário, que em 2017 havia uma margem grande a ser usada sem atingir esse limite.

 

Fonte: Ascom Democratas

 

Leia mais ...

TSE pode indeferir hoje registro da candidatura de Lula

  • Publicado em Brasil

Dilema do PT será definido ou prorrogado hoje

 

Nesta quarta-feira, 15 de agosto, é a data limite para registro das candidaturas. O PT irá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informar que o ex-presidente Lula - cumprindo pena na cadeia da Polícia Federal em Curitiba, após ser condenado em 2ª instância por corrupção -  pretende concorrer nas eleições de outubro para a Presidência da República, cargo que ocupou por dois mandatos.

 

Ontem, a ministra do STF Rosa Weber assumiu como presidente do TSE, vai comandar as eleições. Perguntada sobre a principal dúvida do momento: o que ocorrerá quando alguém condenado em segunda instância, portanto enquadrado na Lei da Ficha Limpa, buscar o registro. “Pode haver ou não impugnação?”

 

Rosa respondeu: “Se não houver impugnação, pode haver o exame de ofício. Não será uma impugnação, será um indeferimento de ofício à compreensão de que não estão presentes as condições de elegibilidade”, esclareceu, portanto, apontando a possibilidade da Corte sequer aceitar protocolar o registro para posterior discussão do mérito.

Leia mais ...

Neto Carletto (PP) bota o nome no chapão para deputado estadual mas declara apoio à outra candidatura

Sobrinho do deputado Ronaldo Carletto. o jovem Neto Carletto participou da Convenção Eleitoral do PT com o governador Rui Costa, no sábado (4), em Salvador, que definiu a formação do chapão com todos os candidatos a deputado estadual, incluindo seu nome entre os pré-candidatos do PP.

 

Entretanto, parecendo não ser dono da própria vontade, Neto Carletto  declarou no dia seguinte, por meio de nota, que vai apoiar outra candidatura, de outra legenda, abandonando seu projeto político que envolveu muitas pessoas. Começou mal na política o garoto do berço de ouro.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777