Menu
Banner Prefeitura TOPO
14 de Agosto de 2018

Luta contra a corrupção perde um guerreiro: Cláudio Weber Abramo da Transparência Brasil

  • Publicado em Brasil

O jornalista foi um dos principais articuladores da Lei de Acesso à Informação, aprovada em 2011.

O jornalista Cláudio Weber Abramo, um dos fundadores  da ONG Transparência Brasil, morreu no domingo à noite, aos 72 anos, vítima de uma câncer no intestino. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo.

Abramo era vice-presidente do Conselho Deliberativo da ONG Transparência Brasil, cujo principal foco é o combate à corrupção. Ele também foi diretor-executivo da entidade por quase 15 anos (2001-2015).

Além de jornalista, ele era bacharel em matemática pela USP e mestre em filosofia da ciência pela Unicamp. Foi editor de economia do jornal “Folha de S.Paulo” e editor-executivo da “Gazeta Mercantil”.

Abramo era uma das principais referências no combate à corrupção e integridade das instituições públicas do país, tendo colaborado frequentemente como autor de artigos em publicações especializadas sobre corrupção e seu enfrentamento.

Nos últimos anos, vinha se dedicando à ONG Dados.org, criada por ele, cujo foco é a transparência e dados do setor público.

“Perdemos um batalhador pelas melhores causas e um amigo do bom jornalismo”, disse o presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Daniel Bramatti.

“Claudio Weber Abramo será sempre uma inspiração para quem luta pela democracia, pela transparência e pela aplicação correta dos recursos públicos. Na Abraji, as bandeiras que ele defendeu continuam erguidas”, afirmou Bramatti.

 

Abramo deixou quatro filhos, seis netos, a mulher e uma enteada.

Leia mais ...

Deputados Uldurico Júnior e Ronaldo Carletto lideram ranking 2018 de gastos com propaganda

  • Publicado em Bahia

 

O deputado federal Uldurico Júnior (PPL) lidera o ranking 2018 de gastos da bancada baiana com a cota de dinheiro público destinada a gastos com propaganda do mandato, informa a coluna Satélite do jornal Correio. O jovem parlamentar gastou entre janeiro e maio R$ 108 mil, enquanto na vice-liderança, o deputado Ronaldo Carletto (PP), gastou um pouco menos, R$ 103,1 mil. Os dois juntos gastaram em média pouco mais de 40 mil reais por mês para fazer propaganda dos mandatos ou dos seus interesses políticos, mas o segredo está em conferir as notas fiscais. Aguarde.

Leia mais ...

Transparência leva Porto Seguro ao 18º lugar no ranking do Ministério Público Federal na Bahia

Com a expressiva nota de 8,10 onde a maior foi 9,30, Porto Seguro ficou em 18º lugar entre os 417 municípios da Bahia no Ranking da Transparência monitorado pelo Ministério Público Federal para avaliar as informações fornecidas por prefeituras, estados e União a qualquer cidadão sobre as contas públicas. Os dados avaliados são referentes a maio de 2016 e abrangem informações referente a Receita, Despesa, Licitações e Contratos, Relatórios, Serviços de Informação ao Cidadão, Serviço Eletrônico de Informações ao Cidadão, Divulgação da Estrutura e Forma de Contato, Boas Práticas de Transparência.

Leia mais ...

Prefeitura de Cabrália terá de divulgar atos da gestão financeira na internet. Falta transparência

Após abrir inquérito civil público, o promotor de Justiça João Paulo de Carvalho Costa, do Ministério Público estadual (MP-BA), constatou que a prefeitura de Santa Cruz Cabrália “não vem atendendo devidamente aos princípios da publicidade e transparência na veiculação de informações concernentes aos gastos públicos, e demais despesas inerentes à gestão pública”, em seu Portal da Transparência na internet.

Por conta disso, a prefeitura terá de publicar na internet informações de planos, orçamentos, leis de diretrizes orçamentárias, prestações de contas com parecer prévio, relatório resumido da execução orçamentária, relatório de gestão fiscal, bem como versões simplificadas desses documentos. Um acordo firmado com o MP-BA estabelece o prazo de 120 dias para isso acontecer.

O material deverá estar disponível em meio eletrônico, acessado e atualizado em tempo real, “para manter a transparência na gestão fiscal, sem que se admita quaisquer meios de restrição de acesso aos usuários”, salienta o promotor de Justiça. O acordo prevê ainda que, até a conclusão do portal, o prefeito ficará obrigado a disponibilizar para qualquer cidadão o acesso, por meio físico, de todas as informações e documentos referidos na Lei de Responsabilidade Fiscal.  

Caberá ainda à municipalidade informar, diariamente, nas rádios, jornais, sítios oficiais, bem como em outros meios de comunicação local, orientações ao cidadão que deseje acessar os dados da gestão fiscal do Município. O serviço de busca e fornecimento de informações deverá ser gratuito.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777