Menu

SWF file not found. Please check the path.

22 de Janeiro de 2017
GERALDINHO ALVES

GERALDINHO ALVES

Final rubro-negra na Copa do Brasil

Flamengo e Atlético PR jogam a final da Copa do Brasil 2013 depois de passarem pelas semifinais. Na quarta-feira (6) as duas equipes eliminaram seus adversários. O Flamengo eliminou o Goiás com duas vitórias pelo placar de 2x1, enquanto o Atlético Paranaense superou o Grêmio, vencendo a primeira por 1x0 e emptando a segundo em 0x0.

Mais um assalto a banco no interior da Bahia: um morre

O assalto a agência do Banco do Brasil da cidade de Mucugê, na manhã de quarta-feira (6), deixou de saldo uma pessoa morta e duas baleadas. Mucugê fica na região da Chapada Diamantina, a 448 km da capital Salvador. Os bandidos fugiram levando reféns que foram libertados na zona rural do município. A quantia roubada não foi informada pela banco.
Segundo o jornal A Tarde, a ação da quadrilha  teve início pouco antes das 9 horas, quando os oito homens chegaram à cidade em dois carros,  quase todos vestidos com roupas semelhantes às do Exército e usando capuzes e chapéus. Os assaltantes estavam armados com fuzis e pistolas, segundo testemunhas, invadiram a agência do BB, na Praça Coronel Propércio, atirando para o alto e nas paredes; quebraram as vidraças e porta giratória com tiros e a marretadas, depois retiraram os clientes e os colocaram de mãos dadas na frente da agência, fazendo um escudo humano.


Enquanto alguns bandidos atiravam para o alto e faziam ameaças, aos gritos, na frente da agência, outros saqueavam o banco e aguardavam o horário programado para abertura do cofre principal. O clima de terror tomou conta da cidade por cerca de 30 minutos. Quando o bando se preparava para deixar a agência, foi surpreendido por policiais militares da Caesg e da Cipe (comumente chamados de catingueiros), que se aproximaram atirando contra a frente do banco. Durante o revide, três reféns foram baleados: o lavrador Paulo Batista Alves, 36 anos, nas costas (região do quadril), Orlando Santos Silva, 39 anos, e Verailda Silva Ferreira, 53 anos, ambos em uma das pernas. Com os militares nas proximidades, os bandidos deixaram o banco levando seis reféns. Na saída, jogaram muitos papéis, moedas e cédulas de pequenos valores na praça, na tentativa de provocar tumulto e impedir que a polícias os seguissem.

Planalto estaria impedindo prisão de diretor da Conab

O governo Dilma não cogita afastar o diretor da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Silvio Porto, cuja prisão preventiva e a de outros 9 servidores foram solicitadas pela Polícia Federal. A informação é dop jornalista e blogueiro Cláudio Humberro em sua coluna.
Há meses o ministro Antonio Andrade (Agricultura) tenta demitir Porto, já detido na operação Agro-Fantasma da PF, mas o Planalto impede. O motivo, segundo Cláudio Humberto, seria o fato do diretor da Conab Silvio Porto ser ligado a Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República, e à tendência petosta do ministro.

Governo erra nas contas e rombo na previdência aumenta

Além da queda nas receitas, as contas do governo federal estão ficando bem abaixo do previsto no orçamento. A área econômica cometeu erros notórios nas projeções de despesas.
Na área social em particular, os programas de Previdência e amparo aos trabalhadores tiveram seus gastos subestimados em mais de R$ 20 bilhões. O valor do rombo é quase o que se paga em um ano no prgrama Bolsa Família. Contava-se, na lei orçamentária, por exemplo, com uma expressiva redução do rombo na Previdência.  Aconteceu o inverso, a conta subiu e em setembro já estava em R$ 47,6 bilhões. Foi de R$ 40,3 bilhões em 2012. O deficit previdenciário, porém, está em alta desde o início do ano, e os pagamentos de aposentadorias, pensões e auxílios têm crescido acima das expectativas. E até que as receitas da Previdência tiveram alta de 11,5%; ,as o governo, no entanto, contava com uma alta de 14,6%.

SEGURO-DESEMPREGO

A estimativa errada que mais tem movimentado a área econômica nos últimos dias é a dos gastos com o seguro-desemprego, que crescem apesar de o mercado de trabalho mostrar indicadores historicamente favoráveis. Acreditava-se que o seguro e o abono salarial, outro programa financiado pelo FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), consumiriam R$ 40,3 bilhões no ano, pouco acima dos R$ 38,9 bilhões do ano passado. No período de 12 meses encerrado em setembro, os dois programas já haviam desembolsado R$ 44 bilhões. No final do ano a previsão realista é de que a conta fechará em cerca de R$ 47 bilhões.

Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777