Menu
21 de Janeiro de 2018

Embasa cobra pressão do ar que passa no hidrômetro e conta fica 30% mais cara

Com as interrupções diárias no abastecimento de água em diversos bairros de Eunápolis, no sul da Bahia, além de ter a vazão nas torneiras reduzida quando a água chega, o consumidor está pagando até 30% a mais na conta da Embasa, porque o hidrômetro também registra a pressão do ar que chega nos canos.

Com isso, a Embasa vai conseguindo arrecadar um dinheirinho extra nas costas do consumidor sacrificado. Como não adianta reclamar, a estatal vai deitando e rolando na cidade, faturando pelo vento fornecido no lugar da água. Triste Bahia!  

 

 

Leia mais ...

Porto Seguro e Eunápolis não precisam de vacinação em massa contra febre amarela

Segundo informações das prefeituras de Porto Seguro e Eunápolis as duas cidades estão fora da zona de risco da febre amarela definida pelo Ministério da Saúde. na Bahia, apenas 8 dos 417 municípios terão campanha de vacinação em massa. 

Ainda de acordo com informações das secretarias municipais de Saúde de cada cidade, Porto Seguro, com 149 mil habitantes, vacinou 38 mil pessoas em 2017 e Eunápolis vacinou 35 mil pessoas. Os dois municípios do extremo sul baiano vão seguir o calendário normal de vacinação nos postos de saúde sem necessidade de campanha de vacinação em massa.

Leia mais ...

Embasa agora manda água por por pouco tempo e baixa vazão em Eunápolis

Com as constantes faltas de água, baixa vazão nas torneiras e rodízio no abastecimento, a Embasa se tornou o calcanhar de Aquiles do governo Rui Costa (PT) em Eunápolis, mais até do que a segurança pública, pois as polícias Civil e Militar conseguiram dar um freio na criminalidade. 

Durante toda a semana a Embasa interrompeu, sem qualquer aviso, mais uma vez, o abastecimento de água em diversos bairros populares da cidade. E fora os transtornos, água também é questão de saúde pública. 

O chefe maior da Embasa é o governador Rui Costa, que escolhe o presidente da estatal baiana, que por sua vez escolhe os gerentes regionais. 

Pois a gerência da estatal em Eunápolis mantém a falta de respeito aos consumidores, especialmente a população dos bairros mais pobres. A inoperância da empresa estatal causa transtornos, prejuízos financeiros e desgaste político que poderiam ser evitados com uma gestão mais consequente, mais transparente e que resolvesse o problema de abastecimento de água na cidade. 

E chega de desculpas mentirosas para enganar os consumidores. Algo precisa ser feito que faça os responsáveis pela Embasa pagar o preço da incompetência e do descaso.  

Leia mais ...

Vereador Jorge Maécio destaca regularidade e eficiência da limpeza pública em Eunápolis

Líder do Governo na Câmara Municipal, o vereador Jorge Maécio (PP) destacou nesta sexta-feira, 19 de janeiro, a regularidade e eficiência do serviço de limpeza pública em Eunápolis: “Há um trabalho regular e eficiente sendo feito todo dia, em diversos bairros da cidade, por equipes da prefeitura de varrição, capinagem e manutenção das praças e jardins, deixando a cidade limpa e proporcionando melhor qualidade de vida aos moradores”,  comentou Maécio. 

O edil disse ainda que a população eunapolitana, de 115 mil habitantes, produz em média 100 toneladas de resíduos por dia, incluindo o lixo domiciliar, das feiras livres, mercados, além de grande quantidade de dejetos que são jogados em áreas proibidas. 

“Até para o mais incisivo crítico da administração municipal é inegável que Eunápolis é uma cidade excepcionalmente limpa, mesmo com o número de garis bem abaixo do necessário. Ações como essa merecem nosso reconhecimento e de toda população a qual representamos como políticos”, finaliza o vereador.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777