Menu
Banner Prefeitura TOPO
26 de Maio de 2018

Banco 24 horas e Prosegur querem derrubar lei criada pelos vereadores de Eunápolis

 

Corre nos bastidores que o grupo gestor do Banco24horas, sistema de caixas eletrônicos de saque de dinheiro, articula com a Prosegur uma saída “democrática” para o impasse da nova lei criada pelos vereadores, que proíbe instalação de empresa de transporte e guarda de valores no perímetro urbano de Eunápolis e também o trânsito de carro-forte em determinados horários. A ideia é derrubar a lei de autoria do vereador José Ramos Filho em uma nova votação, caso ela não seja sancionada pelo prefeito Robério, o que tudo indica que acontecerá.

Leia mais ...

Radialista diz que lei proibindo a Prosegur e carros-forte em Eunápolis deve cair

Em seu programa de rádio na Ativa FM de Eunápolis, às 13 horas, nesta terça-feira, 8 de maio, o radialista Jota Bastos comentou de forma objetiva e esclarecedora sobre o Projeto de Lei 002/2018, de autoria do vereador José Ramos (PTC), aprovado por unanimidade na Câmara, mas que ainda está sendo avaliado pelo prefeito Robério Oliveira (PSD).

 

Bastos disse que a lei seria inconstitucional porque o município não pode legislar sobre segurança pública nem trânsito, competência que cabe ao Estado e a União. Alegando razões de segurança pública, a lei criada pelos vereadores proíbe a instalação de empresa de transporte de valores no perímetro urbano da cidade e ainda proíbe o trânsito de carros-forte em determinados horários.

 

Município prejudicado - Eunápolis tem hoje uma empresa do ramo, a Prosegur, que sofreu um mega assalto recentemente e terá de ser remanejada caso a lei passe a valer. E também a TB-Forte, que começou a se instalar na cidade, mas aguarda a definição jurídica. As duas juntas somam mais de 200 empregos diretos.

 

Leia mais ...

Transporte de valores em Eunápolis, o tempo tá correndo e a lei pode ser vetada

Qual será o destino do novo Projeto de Lei 002/2018, que cria restrições a empresas de transporte de valores, proibindo o trânsito de carros-fortes no centro da cidade, expulsando a Prosegur, já instalada na cidade, para 1 km do perímetro urbano e impedindo novas empresas do ramo de abrir sede na cidade?

O PL foi aprovado por unanimidade pelos 17 vereadores aguarda sanção do prefeito Robério, que pediu ao corpo jurídico do município para analisar a lei criada pelo Legislativo. Há rumores de que pode haver uma reviravolta na situação, uma vez que há entendimentos de que o PL teria pontos inconstitucionais.

As empresas de transportes de valores com interesse em Eunápolis e microrregião - Prosegur e TB Forte - começaram um lobby pesado para reverter o cenário, como já fizeram em outras cidades. Caso o PL não seja sancionado, os edis terão de votar a homologação da lei. E até lá, a questão estará melhor esclarecida, podendo mudar o voto de muitos vereadores. Não há dúvida que a comoção com o assalto cinematográfico influenciou muito a criação da nova lei.

 

Vamos abordar esse tema em breve discutindo segurança pública, o mérito legal do PL, as consequências e os danos colaterais. Bahia40graus foi o primeiro veículo de imprensa a refletir sobre o fato, que agora ganha a pauta no rádio e demais sites.     

Leia mais ...

Quem liberou empresa de guarda de valores dentro de um conjunto habitacional de Eunápolis?

 

A polêmica em torno da instalação de empresa de transporte e guarda de valores no perímetro urbano de Eunápolis, no sul baiano, parece 'matéria vencida', mas ainda falta responder a uma pergunta: quem liberou a construção e instalação de empresa do segmento dentro do conjunto habitacional da Urbis, o que de acordo com o vereador Jorge Maécio (PP) é proibido por lei? A nova sede da Prosegur também fica ao lado de um condomínio.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777