Menu
Banner Prefeitura TOPO
28 de Julho de 2017

Saúde de Eunápolis é premiada em Brasília concorrendo com mais de 5 mil cidades

O trabalho de Combate a Sífilis Congênita desenvolvido pelo enfermeira Kelly Rebouças e sua equipe, deu a Eunápolis uma medalha de Honra ao Mérito e um Certificado de Reconhecimento em Brasília, na 14ª Mostra Brasil Aqui tem SUS, em Brasília. A Saúde de Eunápolis concorreu com mais de 5 mil cidades na categoria ‘Vigilância em Saúde’. Bahia teve quatro trabalhos vencedores, sendo um de Eunápolis, dois de Porto Seguro e um de Feira de Santana. Kelly é superintendente municipal de Vigilância em Saúde. Outros dois trabalhos técnicos de Eunápolis concorreram, um da enfermeira Liziane Bonfim, na Atenção Básica, e outro do médico veterinário Everton Rusciolli, do centro de Zoonoses. Ambos foram classificados entre os 310 finalistas.

APOIO DA GESTÃO - Profissionais da Saúde de Eunápolis, coordenados pela secretária municipal Stela Souza, passaram a semana em Brasília participando do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde que termina neste sábado, 15. A secretária descreve sua satisfação, diante do reconhecimento nacional, e destaca a contribuição da gestão municipal e das equipes de profissionais da Atenção Básica e Vigilância em Saúde. 

 

“Parabenizamos o nosso prefeito Robério Oliveira por nos proporcionar esses momentos de vivência e experiência que reforça ainda mais o nosso compromisso de ampliar os serviços de saúde em Eunápolis. agradeço a todos os trabalhadores da secretaria, gestão municipal, usuários do sistema e a todos que trabalham para melhorar ainda mais o SUS em Eunápolis”. Finalizou.

Leia mais ...

Ministério Público pede reintegração de posse de terras públicas ocupadas pela Veracel em Eunápolis: 225 hectares

O Ministério Público estadual (MP-BA) moveu Ação Civil Pública contra a Veracel Celulose acusada, mais uma vez, de ocupar terras públicas no município de Eunápolis. O MP-BA pede liminar determinando a reintegração de posse ao Estado, real proprietário de 225 hectares de terras ocupadas pela multinacional.

A alegação de irregularidade foi confirmada pela Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado. A área é formada por terra devoluta, ou seja, terra pública que não integra o patrimônio de nenhum particular, ainda que ocupada irregularmente, e que deve ser devolvida ao Estado, mesmo que não tenha destinação definida pelo Poder Público.

Outro ponto levantado na Ação é que a ocupação das terras para a produção da celulose rendeu à Veracel vantagens superiores a R$ 3 milhões, sem que nenhum valor fosse repassado ao Estado da Bahia. O MP-BA pede ainda à Justiça que, devido a isso, a empresa seja condenada ao pagamento de R$ 15 milhões em indenização por danos morais coletivos a serem destinados ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos.

 

 

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777