Menu
Banner Prefeitura TOPO
18 de Outubro de 2018

Home - Bahia 40 Graus

Pronta desde 2012 mas ainda sem inaugurar até hoje UPA de Eunápolis é destaque nacional negativo na TV

Tem muito dinheiro envolvido nessa obra que nunca fica pronta. É preciso investigar para saber onde está esse dinheiro. E a quem interessa manter a UPA fechada?

Será que existe algum inquérito aberto para apurar por que a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) construída no bairro Rosa Neto, em Eunápolis, no extremo sul da Bahia, está pronta desde 2012 mas ainda não foi inaugurada. A verba é federal e tem recursos próprios também. A investigação pode ser feita tanto pelo Ministério Público Federal, quanto pelo MP estadual. Trata-se de saúde pública e muito dinheiro.

Quem mora na zona norte da cidade - Juca Rosa, Alecrim, Arnaldão, Paquetá, Rosa Neto - sofre com a UPA fechada. Nos casos de urgência, os pacientes do SUS precisam se deslocar até 6 km para buscar atendimento no precário Hospital Regional, no bairro Pequi, administrado pela prefeitura. No começo do ano, o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Kuada, disse à TV Santa Cruz e imprensa em geral que a UPA seria reformada para funcionar no 2º semestre. Outubro está acabando e nada.

Além do desgaste do prédio e dos móveis, os equipamentos hospitalares também vão ficando obsoletos. É preciso fazer um pente-fino para saber se houve roubo de equipamentos. O Conselho Municipal de Saúde não se manifesta sobre o absurdo.  

Bahia - Na Bahia são 250 unidades de saúde prontas que não funcionam. O estado é líder desse ranking. No Brasil são mais de 2 mil, sendo 218 UPAs e 1.967 postos de saúde que não funcionam, segundo reportagem da Globo News, nesta quarta-feira, 17 de outubro. mais um destaque negativo de Eunápolis.

 

CLIQUE AQUI E ASSISTA A REPORTAGEM DA GLOBO NEWS

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus

 

Leia mais ...

“Quem fala com poste é bêbado”, rebate Bolsonaro sobre debater com Haddad na TV

No seu perfil oficial no Twitter Jair Bolsonaro (PSL) rebateu a provocação de Fernando Haddad (PT) que postou: “Tuitar e fazer live é fácil, deputado. Vamos debater frente a frente, com educação, em uma enfermaria se precisar. O povo quer ver você aparecer na entrevista de emprego”, escreveu o petista.

Bolsonaro respondeu: “Senhor Andrade, quem conversa com poste é bêbado. Existe um que está preso por corrupção e você vai toda semana na cadeia visitá-lo intimamente além de receber ordens ! Cuidado que pelo desenrolar das notícias reveladas você pode ser o próximo!”.

 

Bolsonaro e Haddad disputam a presidência da República no 2º turno, cuja vitação será dia 28 próximo. Haddad esquece que Lula e Dilma também não foram a alguns debates na TV quando lideravam a pesquisa com folga.

Leia mais ...

ONU estima que 820 milhões de pessoas passam fome no mundo onde se joga fora 1,3 milhão de toneladas de comida

Cerca de 820 milhões de pessoas ainda passam fome no mundo, segundo o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres. Em mensagem divulgada na terça-feira, (16/10), no Dia Mundial da Alimentação, o secretário-geral pediu que a comunidade internacional se comprometa “com um mundo sem fome, um mundo em que todas as pessoas tenham acesso a uma dieta saudável e nutritiva.” De acordo com o secretário-geral, em cada grupo de nove pessoas, uma “não tem o suficiente para comer”.  A maioria é mulher.

Guterres acrescenta ainda que cerca de 155 milhões de crianças sofrem de subnutrição crônica e podem ter de lidar com os efeitos da deficiência de crescimento durante toda a vida. Em um mundo onde cerca 1,3 bilhão de toneladas de comida são desperdiçadas todos os anos, a fome causa quase metade das mortes infantis. Para ele, “isso é intolerável”.

 

 

Leia mais ...

Incêndio no depósito de Secretaria da prefeitura de Eunápolis pode ter sido criminoso

O vizinho e proprietário do prédio disse ao Bahia40graus que há uma testemunha que teria visto alguém jogar algo no local minutos antes do incêndio começar. Uma câmera de monitoramento instalada numa empresa pode ter flagrado este momento. Ele também disse que na quinta-feira (11) um carro passou a noite estacionado na garagem do depósito e só saiu no dia seguinte. A secretária de Assistência Social disse que o local não era vigiado.  

Segue cercado de especulações o estranho incêndio que consumiu no fim de semana passado, na madrugada de sábado para domingo, 200 cestas básicas e documentos contábeis no local usado como depósito da Secretaria de Assistência Social de Eunápolis. O fato aconteceu uma semana após as eleições de outubro.

Local sendo demolido - Segundo Tito Fonseca, superintendente de Serviços públicos, a Polícia Civil já liberou o local após a perícia ser feita. A secretária de Assistência Social Margot Kunzendorff deu entrevista hoje à emissora do grupo político do prefeito e tratou o fato como uma fatalidade, advertindo que sua pasta já não dispõe de orçamento para reparar os prejuízos. A Polícia Civil confirmou que liberou o local após a perícia ter sido feita e que vai investigar a versão da existência da imagem captada por uma câmera de monitoramento.  

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus

A imagem pode conter: sapatos e atividades ao ar livreA imagem pode conter: árvore, céu e atividades ao ar livreA imagem pode conter: sapatos e atividades ao ar livreA imagem pode conter: atividades ao ar livreA imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livreA imagem pode conter: sapatos e atividades ao ar livre

 

Leia mais ...

Construção da Estrada da Colônia em Eunápolis está em câmera lenta quase parando. Será mais uma obra eleitoreira?

Depois de um mega-comício no distrito com a presença do governador, ampla propaganda na mídia e muito ôba-ôba a construção da Estrada da Colônia está 95% parada há 9 dias pós-eleições. Nesta terça-feira, 16 de outubro, a reportagem do Bahia40graus percorreu todo o trecho do começo até o distrito rural e não viu uma só máquina da Mais Construtora na pista em todo o trajeto de 6,5 km.

Vimos muita poeira, trechos inacabados, mas nenhum remanejamento de postes de energia elétrica, nem acostamento, apenas alguma coisa de drenagem, como foi visto próximo ao canteiro da obra no bairro Colonial, na saída da cidade, com 6 homens trabalhando. Só isso. Muito pouco.

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40grausA imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, atividades ao ar livre e naturezaNo canteiro da Mais vimos máquinas paradas e quase nenhum movimento. É obra do governo estadual, com impacto no governo municipal. Será que faltou dinheiro? Será que vai parar por aí com pouco mais de 1 km de asfalto? Os protestos precisam voltar para o governo acordar?A imagem pode conter: céu, nuvem, árvore, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: céu, nuvem, árvore, atividades ao ar livre e naturezaA imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, nuvem, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Leia mais ...

O trabalho parou na prefeitura de Eunápolis depois da derrota da filha do prefeito

A intensa propaganda do governo do prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD), antes e durante as eleições nas redes sociais e na imprensa chapa branca não cansava de dizer que “o trabalho não para”, mesmo que muitas vezes só existisse esse “trabalho” na propaganda mesmo.

Derrota - Passada as eleições, Larissa, a filha do prefeito, sofreu uma  derrota maiúscula nas urnas para deputada estadual, numa demonstração de que a população reprovou a presunção da família Oliveira, que preferiu afrontar o bom senso do eleitor, do próprio grupo e das autoridades, lançando mais uma candidatura “familiar”.      

Parou por que, por que parou? - E com a derrota eleitoral, a prefeitura praticamente parou. Não há novas ordens de serviço, algumas já existentes não estão sendo executadas, os pagamentos estão suspensos, secretários e servidores temem demissões (algumas já estariam prontas esperando assinatura de Robério, que estaria fora da cidade, revela uma fonte de alta patente). Muitos servidores ligados ao coordenador da campanha de Larissa e secretário de Governo, Jairo Júnior, foram curtir com ele o feriadão na Chapada Diamantina e parecem não se preocupar com o município, postando nas redes sociais fotos comemorando a paisagem.  

Saúde - Um dos setores mais prejudicados, de acordo com as reclamações nas redes sociais é a saúde, onde exames e marcação de consultas estariam suspensos, os postos médicos estariam sem medicamentos e os servidores estariam atendendo a população com visível mau-humor.

Leia mais ...

Pastor evangélico eleitor de Bolsonaro sofre atentado no Ceará

Homens armados realizaram vários disparos de grosso calibre na madrugada deste domingo (14/10) contra o pastor Zezinho, um líder da Igreja Assembleia de Deus em Itapajé, cidade do interior do Ceará, a 120 km de Fortaleza. Os tiros atingiram um carro, portas, portão e janelas da casa do pastor.

O caso ganhou repercussão na imprensa e pastores cearenses estão postando fotos e áudios no whats app repudiando a ação. Um deles, o pastor Fernando, chega a dizer que “a guerra está declarada”, afirmando que facções criminosas estariam apoiando Haddad do PT e iriam aterrorizar a vida dos eleitores de Bolsonaro (PSL). Lamentável.

 

 

 

Leia mais ...

Com decisão do STJ Itabela recupera mais R$ 6 milhões de precatórios do Fundef

Com a decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) proibindo as prefeituras de pagar honorários a advogados com dinheiro dos precatórios do Fundef, R$ 6 milhões dos precatórios de Itabela que estão bloqueados na Justiça aguardando decisão do mérito não podem mais ser pagos a um escritório de advocacia de Recife (PE), que reivindica o valor. Agora, esse dinheiro terá de ser creditado, corrigido, na conta da prefeitura, informou uma fonte ligada ao Executivo municipal. Com o bolo dos precatórios aumentando, a tensão entre professores e prefeitos também cresce. Itabela nunca viu tanto dinheiro de uma só vez e as forças políticas precisam administrar com equilíbrio esse momento.

Leia mais ...

Estranho incêndio em depósito de Secretaria em Eunápolis queima documentos contábeis e 200 cestas básicas

Com as causas ainda sendo desconhecidas, pegou fogo neste sábado (13/10) o imóvel na Rua 7 de setembro, centro de Eunápolis, usado pela prefeitura para armazenar documentos e donativos que são distribuídos pela Secretaria Municipal de Assistência Social a famílias cadastradas pela prefeitura nos programas sociais.

Segundo a secretária da pasta, Margot Kunzendorff, no imóvel havia, entre outras coisas, “documentos contábeis e 200 cestas básicas que chegaram na semana passada”. Até o mês de abril passado a Assistência Social era administrada pela filha do prefeito da cidade e candidata a deputada estadual Larissa Oliveira (PSD), que não conseguiu se eleger.

Sem vigia - Margot disse ainda ao Bahia40graus que a prefeitura não colocava vigia no local. Ela também não detalhou quais “documentos contábeis” foram consumidos pelo fogo e nem quais seriam os itens das cestas básicas. Até a publicação desta matéria, a prefeitura não havia emitido Nota de Esclarecimento sobre o incêndio.

Opinião do Bahia40graus - O sensato seria a polícia junto com o Ministério Público fazer uma investigação forense minuciosa para que se esclareça as causas de um incêndio assim do nada num prédio público, em um fim de semana de feriadão.

Alguém precisa ser responsabilizado pelo sinistro que ainda poderia atingir os imóveis vizinhos. A população tem o direito de saber por que a prefeitura não escalava vigia para o local, quais documentos viraram cinzas e a quantidade de alimentos destruídos.

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus

© 2018 | Todos os direitos deste texto são reservados pela Lei nº 9.610/98 a Carlos Geraldo Alves, jornalista e editor do Bahia40graus. A sua publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia é proibida.

 

 

     

Leia mais ...

Advogados não podem ser pagos pelas prefeituras com dinheiro dos precatórios do Fundef

Por 7x1, os ministros da 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram, na quarta-feira (10/10), que os municípios não podem usar dinheiro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) para pagar advogados.

Segundo entendimento do STJ, a verba deve ser utilizada exclusivamente na educação. O acórdão foi proferido na análise de um recurso especial de Pernambuco e atende a posicionamento do Ministério Público Federal (MPF).

Desde o ano passado, o MPF defende que os cerca de R$ 90 bilhões em precatórios devidos pela União a municípios, a título de repasse a menor do Fundef, sejam gastos apenas na educação. O acórdão deve orientar a Justiça em casos semelhantes.  

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, lembra que a educação é direito fundamental. “Para financiar educação de qualidade, os recursos públicos destinados à área precisam ser integralmente aplicados apenas no ensino”.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777