Menu

SWF file not found. Please check the path.

26 de Março de 2017

Brasil - Bahia 40 Graus

Polícia Federal leva blogueiro para depor e gera protestos

Enfim, o juiz que virou o Brasil de cabeça pra baixo, chutou uma bola fora: Moro foi pra cima do blogueiro Eduardo Guimarães, do blog da Cidadania, para saber quem vazou informações sobre as investigações contra Lula. O blogueiro atua na imprensa há 12 anos e foi levado nesta terça (21), coercitivamente, para depor na Polícia Federal, em São Paulo, a mando do juiz da Lava Jato, para quem blogueiro não é jornalista e não teria o direito constitucional do “sigilo da fonte”.

Em todo o País, o ato arbitrário foi repudiado por blogueiros e jornalistas de todas as correntes políticas. O colunista da Veja Reinaldo Azevedo foi enfático:

"Se a razão da condução foi o tal vazamento, trata-se de algo inaceitável. E não falo só por ele, mas também por mim e por todo mundo. Se aceito que se cometa uma arbitrariedade contra quem não gosto, ponho, é inevitável, uma corda no meu próprio pescoço", diz Reinaldo.

 

O juiz Sérgio Moro exagerou.

Leia mais ...

Temer anuncia na TV novas medidas para fiscalizar frigoríficos: mas quem confia?

O Ministério da Agricultura, comandado por Blairo Maggi, defensor do agronegócio, o Rei da Soja, responsável por metade da devastação ambiental brasileira entre 2003 e 2004, segundo levantamento do Greenpeace, fornecedor de gado e insumos aos frigoríficos denunciados pela Polícia Federal, vai montar uma força-tarefa para fiscalizar a produção de carnes e embutidos. Dá pra confiar? 

Com a sua lavada cara de pau, o presidente Michel Temer (PMDB) foi a TV no programa Fantástico deste domingo (19) para dizer que a partir desta segunda-feira, 20, o governo federal vai fazer o que deveria ter feito faz tempo: fiscalizar com mais rigor a produção de alimentos, sobretudo nos frigoríficos, que entre outras porcarias, produz embutidos – salsichas, calabresas e presuntos – à base de cabeça de porco, com autorização de todos os órgãos federais. O presidente tentou minimizar o problema, foi comer churrasco de picanha depois da reunião, mas não passou confiança nenhuma. A palhaçada na TV, no programa patrocinado pelo agronegócio e frigoríficos, teve até bronco do Rei da Soja na Polícia Federal pela forma como fez a operação ‘carne fraca’ sem avisar os interessados na propina. Mas ainda falta a devassa no agronegócio de grãos, o uso indiscriminado de agrotóxicos, a devastação do meio ambiente e a imundície da indústria de alimentos enlatados em geral. 

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777