Menu
Banner Prefeitura TOPO
20 de Julho de 2018

Mostrando itens por tag: PT - Bahia 40 Graus

Ex-governador Jaques Wagner insiste na tese de que prisão de Lula é marcada por “abusos e ilegalidades”

  • Publicado em Bahia

Ex-governador da Bahia e o nome mais cogitado no PT para o plano B na eleição presidencial de outubro, Jaques Wagner postou em seu perfil no twitter mais uma alfinetada no Judiciário. “Desde o início, quando Lula foi conduzido coercitivamente de maneira midiática, o processo que o condenou é marcado por abusos e ilegalidades. Grandes juristas do país são unânimes ao afirmar que o ex-presidente está sendo vítima de uma farsa jurídica”, disse o ex-governador petista, adicionando ao comentário um vídeo com falas de diversos juristas do país. Veja a seguir:

Leia mais ...

Polícia Federal investiga ameaças a Moro depois da frustrada manobra para soltar Lula

  • Publicado em Brasil

A Polícia Federal no Paraná investiga ameaças ao juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, que começaram a aparecer nas redes sociais após ele não acatar a ordem para soltar o ex-presidente Lula despachada de forma ilegal, segundo o STJ (Superior Tribunal de Justiça), pelo desembargador Rogério Favreto, plantonista do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), no último domingo (8). Favreto foi filiado ao PT por 19 anos e também trabalhou no governo Lula. Uma série de publicações nas redes sociais foram postadas depois da manobra frustrada para soltar o maior líder popular do país, hostilizando e buscando intimidar o magistrado.

 

As ameaças - O juiz federal Marcelo Bretas, da Lava Jato no Rio, reuniu algumas dessas ameaças e publicou em seu Twitter. São oito postagens publicadas no domingo. Todos os perfis compilados por Bretas falam sobre ‘matar o Moro’. “Não é possível que o PT não tenha um assassino de aluguel pra matar o Sérgio Moro”, afirma um deles. “Alguém precisa matar o Sérgio Moro”, diz outro. As investigações da PF correm em sigilo, em procedimento já aberto anteriormente. Não é a primeira vez que Moro sobre ameaças. Desde 2016 ele anda com escolta armada. Naquele ano, a PF investigou ameaças semelhantes feitas na internet, que pregavam atos de violência contra o juiz.

 

Carro blindado - Desde então, ele abandonou o carro e a bicicleta como meios de transporte para ir ao trabalho e demais compromissos – que também sofreram alterações. Voltou a andar em carro blindado e acompanhado de escolta armada sempre que sai de sua residência – em um bairro residencial de classe média de Curitiba.

 

Há dez anos, quando condenou o traficante carioca Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, o magistrado também viveu sob proteção de agentes federais e policiais civis. Sua escolta hoje é formada por agentes de segurança judiciária da Justiça Federal do Paraná e da Polícia Federal.

Leia mais ...

Lula arrumou as malas, mas vai continuar preso. Manobra petista não deu certo

  • Publicado em Brasil

O governador Rui Costa, todo o PT na Bahia e no Brasil chegaram a comemorar a manobra jurídica para tirar Lula da cadeia neste domingo, 8 de julho. Até simpatizantes do lulismo usaram e abusaram das redes sociais para festejar. Mas a ideia não deu certo.

Solta e prende - Depois de três liminares mandando soltar o ex-presidente petista, todas expedidas pelo desembargador plantonista do TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Rogério Favreto (que foi filiado ao PT por 19 anos e trabalhou com Lula em Brasília), a manobra petista para soltar seu maior líder esbarrou na decisão do presidente do TRF4, Thompson Flores, que determinou nas primeiras horas da noite deste domingo que Lula continue preso e que o processo retornasse ao relator dos casos da Lava Jato na Corte, desembargador federal Gebran Neto. Ponto final.

Thompson Flores atendeu pedido do procurador da República da 4ª Região, José Osmar Pumes, que solicitou a retirada imediata das mãos do desembargador plantonista o pedido de habeas corpus para soltar Lula.

Corrupção e lavagem de dinheiro - Condenado na Lava Jato em 1ª instância pelo juiz Sérgio Moro e em 2ª instância pela 8ª turma do TRF4, Lula cumpre pena de 12 anos e um mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, que ele teria recebido da OAS como propina em troca de contratos milionários na Petrobras.

Polícia Federal foi sensata - A Polícia Federal aguardou o desfecho da situação sem se mexer, uma vez que foi criado um impasse com decisões judiciais contraditórias, três do plantonista mandando soltar (com pressão, prazo e esporro), mas também uma decisão do desembargador e relator do caso Gebran Neto proibindo soltar. Por fim, veio a decisão do presidente do Tribunal mantendo Lula preso. O Brasil vai acordar na segunda-feira sem pesadelo.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777