Menu
Banner Prefeitura TOPO
17 de Outubro de 2018

Cuidado com o golpe na hora de vender o carro ou a moto

A Polícia Civil de Eunápolis está alertando sobre um golpe que se tornou frequente na região na comercialização direta de motos e carros. 

O golpe é manjado. O comprador simula o pagamento da compra feita mostrando comprovante de depósito na conta da vítima, feito no caixa eletrônico. Mas usa na verdade envelope vazio ou cheque roubado.

O golpista diz que já depositou o valor e pede que a vítima confirmar em sua conta. Na consulta do saldo ou extrato, o valor aparece na conta como “vinculado” ou “não disponível”, por ter sido feito via envelope ainda não conferido ou cheque, não compensado.

Acreditando estar com o dinheiro em conta, porém, a vítima acompanha o golpista até o Cartório para a assinatura do DUT, autorizando a transferência do veículo.

E o passo final do golpe é a revenda do veículo por valor abaixo do mercado, com sua imediata transferência de propriedade perante o órgão de trânsito para o terceiro, geralmente comprador de boa-fé. Fique atento (a).  

Leia mais ...

A conspiração para cassar o mandato do prefeito Carlos Lero em Cabrália

O ano de 2018 começa com o vazamento de um suposto golpe que estaria sendo tramado em Santa Cruz Cabrália, sul da Bahia, que envolveria o prefeito afastado Agnelo Júnior (PSD) e alguns vereadores liderados pelo presidente da Câmara, Romali Pairana (PSD), maior beneficiado pela trama. Um grande empresário local com negócios no município também estaria por trás da conspiração. 

A trama foi relatada por uma fonte que disse ter participado de uma conversa em um sítio no Guaiú, durante a comemoração do aniversário do prefeito afastado, no final do ano, onde estavam vereadores, servidores municipais e convidados. 

A Câmara Municipal abriria uma Comissão de Investigação (tipo CPI) para investigar atos supostamente irregulares cometidos pelo prefeito em exercício Carlos Lero (PSC), em um jogo de cartas marcadas para cassar Lero. 

Com o prefeito em exercício sendo cassado pelos edis (8 votos são suficientes) quem viria a assumir a prefeitura seria o presidente da Câmara, Romali Pairana, até que a Justiça Eleitoral convoque novas eleições. 

É um plano diabólico e sórdido, que caso seja confirmado não pode ter como alvo o bem do município. A que ponto chega o amadorismo da política em Cabrália.  

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777