Menu
Banner Prefeitura TOPO
21 de Novembro de 2017
REDAÇÃO

REDAÇÃO

Janot chama novo diretor-geral da PF de “pau mandado”

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot rebateu, na noite de segunda-feira (20), as declarações do novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, que havia afirmado durante sua posse que a investigação sobre a mala com R$ 500 mil entregue pela JBS ao ex-assessor do presidente Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, foi encerrada antes do tempo.

Segóvia afirmou ainda que "uma única mala" não daria a "materialidade criminosa" necessária para resolver se havia ou não crime, e que havia "interrogações" sobre a investigação.

"A pergunta que não quer calar é: ele se inteirou disso ou ele está falando por ordem de alguém?", disse Janot, acrescentando: "O doutor Segóvia precisa estudar um pouquinho direito processual penal. Nós tínhamos réus presos. Em havendo réu preso –se ele não sabe disso é preciso dar uma estudadinha–, o inquérito tem que ser encerrado num prazo curto, e a denúncia, oferecida, senão o réu será solto. Então, nós tínhamos esse limitador. Ele é mesmo um pau mandado", disse Janot. 

O ex-PGR prosseguiu: "Não era um preso qualquer, era um deputado federal [Rocha Loures] que andou com uma mala de R$ 500 mil em São Paulo, depois consigna a mala [devolve à polícia]. Faltava 7% do dinheiro, ele faz um depósito bancário para complementar o que faltava e o doutor Segóvia vem dizer que isso aí é muito pouco? Para ele, então, a corrupção tem que ser muita, para ele R$ 500 mil é muito pouco. É estarrecedor." 

Janort reforçou ainda que todos os atos de investigação foram feitos a pedido da PGR, com autorização do Supremo e realizados pela Polícia Federal. "Ele está negando esse trabalho de excelência da PF em matéria de investigação", rebateu o ex-PGR, que acrescentou ainda que  a segunda denúncia contra Temer, sob acusação de liderar organização criminosa e obstruir a investigação, também foi embasada em relatório da PF.

Réveillon 2018 em Porto Seguro: prefeitura antecipa atrações

A prefeitura de Porto Seguro vai realizar o Réveillon 2018 mais uma vez na Passarela do Descobrimento (também conhecida como Passarela do Álcool), com duas grandes atrações no show da virada: a cantora Solange Almeida (ex-Aviões) e a banda Babado Novo.

 

A expectativa da organização é reunir uma multidão numa grande festa de paz e alegria, brindando a chegada de 2018. As atrações e novidades da festa foram divulgadas nesta segunda-feira (20/11) pelo prefeito em exercício Beto Nascimento (Beto Axé Moi).

 

"O Réveillon de Porto Seguro será um dos melhores eventos de todo o Brasil. Vamos nos preparar para mais uma vez receber nossos visitantes com uma grande festa. E pensando na redução dos custos e na economia de gastos, precisamos aqui fazer uma referência especial ao Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, por ter nos presenteado com estas duas grandes atrações para a noite da virada. Isso reforça a parceria do Governo do Estado com a administração municipal”, afirmou.

 

O anúncio da festa de forma antecipada busca incrementar ainda mais a procura de turistas pela cidade. A expectativa da Prefeitura é que mais de 90% da rede hoteleira estará ocupada no final de ano.

 

Queima de fogos e estrutura

 

A queima de fogos durante a virada também é um dos atrativos e ocorre em uma embarcação próxima aos cais, sendo vista de todos os lugares da cidade, num brilho espetacular que ilumina o palco da festa.

 

Além disso, toda a apresentação será reproduzida em dois gigantescos telões de LED para que o público não perca um só minuto deste grande evento. Também serão disponibilizados postos de atendimentos médicos, sanitários químicos, completo apoio das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e diversos serviços municipais.

Inquérito das fraudes no hospital de Guaratinga tá demorando

O Inquérito Civil aberto pelo Ministério Público estadual (MP-BA) em Guaratinga, em agosto, para apurar as denúncias de fraudes nas internações hospitalares e cirurgias no hospital municipal Joana Moura ainda não foi concluído. Ao menos não se tem notícia da conclusão. 

O MP-BA apura se houve ou não improbidade administrativa supostamente praticada pela prefeita Christine Pinto; pelo secretário municipal de Saúde e pelo diretor do hospital, no que se refere a falsas declarações inseridas no Sistema de Autorização de internação Hospitalar - AIH. 

Segundo o vice-prefeito Ezequiel Xavier e matérias veiculadas pela TV Santa Cruz e sites regionais, mesmo fechado para reforma o hospital Joana Moura teria faturado AIHs contra o SUS com nomes de pessoas que sequer foram atendidas no hospital, inclusive com nomes de pessoas falecidas.

SESAB - A Sesab (Secretaria de Saúde do Estado) também fez uma auditoria no hospital para apurar as denúncias, ouvindo os envolvidos, mas ainda não informou o resultado.

Italiano sócio do La Torre age como se fosse dono da Praia do Mutá em Porto Seguro

O italiano Luigi Rotunno, o ‘Dória a Parmegiana’ que  virou dono do resort La Torre da noite pro dia, estaria ensaiando voltar para a política em Porto Seguro pela janela, como prefeito ou secretário de Turismo, cargo que ocupou na gestão de Jânio Natal por cerca de 6 meses, sem nenhuma projeção.

Com discurso oportunista, ao estilo "Dória", prefeito paulistano, ele bem que podia começar dando exemplo respeitando as leis do País, principalmente as ambientais, desocupando o trecho da Praia do Mutá que é usado ilegalmente por seu resort para oferecer serviços exclusivos aos hóspedes. Inclusive cercando a praia e impedindo os não-hóspedes de frequentarem o lugar e a barraca do La Torre.

É caso de Polícia Federal.

Resultado de imagem para LA TORRE PRAIA DE MUTÁResultado de imagem para LA TORRE PRAIA DE MUTÁ

Aliás, a orla de Porto Seguro - de norte a sul - é um festival de abusos dessa natureza, privando os banhistas de usufruírem a paisagem e o banho de mar para privilegiar hóspedes e clientes de barracas (Arraial D’Ajuda tem casos absurdos). Enquanto empresários enriquecem às custas do uso privado de áreas públicas como a praia. Todas as fotos são da área invadida pelo la Torre na Praia de Mutá, Porto Seguro.

Resultado de imagem para LA TORRE PRAIA DE MUTÁ

 

Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777