Menu
Banner Prefeitura TOPO
21 de Junho de 2018

Representantes dos prefeitos baianos dá mau exemplo e vira réu na Justiça Federal

  • Publicado em Bahia

O prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), se tornou réu após a Justiça Federal ajuizar ação do Ministério Público Federal (MPF) em que o órgão acusa o prefeito de ignorar pedidos de informação feitos pelo órgão referentes à gestão de lixo de resíduos sólidos no município.

De acordo com o MPF, Eures se recusou a prestar informações como a indicação das empresas responsáveis pela coleta e destinação do lixo do município. As informações seriam utilizadas pelo MPF para apurar as condições da coleta de lixo na cidade após representação feita pela ONG Lapa Limpa, que apontou irregularidades ambientais cometidas pela Ecolurb durante o descarte do lixo.

 

De acordo com o MPF,  três ofícios foram enviados ao prefeito requisitando as informações. Por conta disso, os promotores pedem a suspensão dos direitos políticos de Eures em até cinco anos, pagamento de multa de até cem vezes o valor da remuneração e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de três anos.

Leia mais ...

Justiça Federal demora a decidir sobre demolição das barracas de praia em Porto Seguro

Está demorando a decisão da Justiça Federal referente a demolição parcial das barracas de praia de Porto Seguro na orla norte, a pedido do Iphan e Ministério Público Federal. Os donos das barracas não vão tomar por conta própria a iniciativa de reduzir os monstrengos que ocupam a praia, impedem a visão do mar e dificulta o acesso de banhistas. 

Ao todo, são 49 processos contra barracas de praia em todo o município. Em 2016, a Vara da Justiça Federal de Eunápolis determinou a demolição de duas das maiores e mais famosas barracas da cidade: Axé Moi e Tôa Tôa, ambas na praia de Taperapuã. As duas barracas estão funcionando com base numa liminar que liberou o funcionamento até o julgamento do mérito. As ações de demolição se arrastam há 9 anos.

 

 

Leia mais ...

Levi Vasconcelos escreve: “Nas terras de Cabral, a Justiça está meio caolha”

O comentário do jornalista Levi Vasconcelos na coluna Tempo Presente, neste domingo (25), no jornal A Tarde, repercutiu a polêmica sentença da Justiça Federal, atendendo pedido do Iphan e DNIT, que ordena a demolição do monumento da 1ª missa, localizado às margens da BR 367, em Coroa Vermelha, município de santa Cruz Cabrália.

Resultado de imagem para CORREIO24HORAS MONUMENTO 1ª MISSA

Veja o que Levi escreveu :

“Zeca Pataxó, o cacique que é secretário de Assuntos Indígenas em Santa Cruz de Cabrália, onde foi celebrada a 1ª Missa no Brasil, cita um fato instigante: na Costa do Descobrimento há uma série de construções irregulares que agridem não só o meio ambiente, mas também o patrimônio histórico, como grandes barracas nas praias. O Iphan nunca viu. Pertinho de Coroa Vermelha o mar já comeu quase a metade da pista e o DNIT nunca viu.

Resultado de imagem para CACIQUE ZECA PATAXÓ

Mas Iphan e DNIT viram no monumento da primeira missa, um dos locais mais fotografados da área, uma agressão ambiental e a justiça ainda condenou o ex-prefeito Bahiano a pagar R$ 50 mil por dano moral e ambiental. Parece piada mesmo. Onde já se viu estátua estragar meio ambiente?”

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS SOBRE O CASO

Leia mais ...

Assassino de PM em assalto aos Correios no sul da Bahia pega 28 anos de cadeia

A 1ª Vara da Justiça Federal em Itabuna condenou no último dia 15 de fevereiro o réu Uilliam da Silva Guimarães a 24 anos e três meses de prisão. Ele é acusado de assassinar o PM Denisson Rodrigues, no dia 21 de maio de 2015, durante assalto à agência dos Correios na cidade de São José da Vitória, sul da Bahia. O policial militar foi morto a tiros. Três suspeitos participaram do assalto aos Correios.

 

Três meses após o crime, a polícia prendeu Uilliam em Cachoeiro do Itapemirim, no interior do estado do Espírito Santo. Ele é acusado também de pertencer a uma facção criminosa em Porto Seguro e de praticar diversos crimes na região.

 

OBS.: POR ENGANO POSTAMOS UMA FOTO DE OUTRA PESSOA E CREDITAMOS COMO SENDO DO SOLDADO DENISSON. PEDIMOS DESCULPAS PELA NOSSA FALHA. 

 

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777