Menu
Banner Prefeitura TOPO
17 de Outubro de 2018
REDAÇÃO

REDAÇÃO

Advogados não podem ser pagos pelas prefeituras com dinheiro dos precatórios do Fundef

Por 7x1, os ministros da 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram, na quarta-feira (10/10), que os municípios não podem usar dinheiro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) para pagar advogados.

Segundo entendimento do STJ, a verba deve ser utilizada exclusivamente na educação. O acórdão foi proferido na análise de um recurso especial de Pernambuco e atende a posicionamento do Ministério Público Federal (MPF).

Desde o ano passado, o MPF defende que os cerca de R$ 90 bilhões em precatórios devidos pela União a municípios, a título de repasse a menor do Fundef, sejam gastos apenas na educação. O acórdão deve orientar a Justiça em casos semelhantes.  

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, lembra que a educação é direito fundamental. “Para financiar educação de qualidade, os recursos públicos destinados à área precisam ser integralmente aplicados apenas no ensino”.

Igreja Universal rebate fala de Haddad e diz que vai processar o petista: "Charlatão é o candidato que mente para o povo para ser eleito"

A Igreja Universal do Reino de Deus anunciou que vai processar por calúnia o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad. Em nota à imprensa, a igreja classifica as declarações como levianas, preconceituosas e criminosas.

 

Em entrevista coletiva hoje pela manhã, em meio às comemorações de um feriado católico, Haddad acusou o bispo Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal, de ser “charlatão” e estar associado a Bolsonaro por uma aliança de “fome de dinheiro”.

 

“Sabe o que é o Bolsonaro? Ele é o casamento do neoliberalismo desalmado, representado pelo Paulo Guedes, um neoliberalismo desalmado que corta direitos trabalhistas e sociais, com o fundamentalismo charlatão do Edir Macedo”, disse Haddad. “Sabe o que está por trás dessa aliança? Em latim chama ‘auri sacra fames’: fome de dinheiro. Só pensam em dinheiro”.

 

A Igreja Universal chama o ataque de leviano e diz que ele só ocorreu porque o bispo Edir Macedo declarou voto em outro candidato. “Quando o Bispo Edir Macedo apoiou o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-presidente Lula, o apoio era muito bem-vindo. Agora, quando o líder espiritual da Universal declara que seu candidato é Jair Bolsonaro, o Bispo Macedo deve ser ofendido de forma leviana?”

 

VEJA TRECHOS DA NOTA DA IGREJA UNIVERSAL

 

“Atacando uma das maiores lideranças evangélicas do País, Haddad tenta incitar uma guerra religiosa ao dar essa declaração em um local sagrado aos católicos, em pleno feriado católico”.

 

“Charlatão é o candidato que mente para o povo para ser eleito. Fome de dinheiro tem o partido político que assalta estatais e os cofres públicos para sustentar uma estrutura que a Justiça definiu como ‘organização criminosa’.

 

“Em 2017, os programas sociais da Universal atenderam 9 milhões de brasileiros invisíveis aos governos: moradores de rua, viciados em drogas, presidiários e seus familiares, mulheres vítimas de violência doméstica, idosos abandonados, policiais militares oprimidos, jovens da periferia das grandes cidades, empresários falidos. Toda essa assistência é prestada a custo zero aos cofres públicos”.

 

“O candidato (Haddad) responderá na Justiça pelo ódio religioso que tenta espalhar e por suas calúnias. De resto, o povo saberá dar resposta a ele”.

 

Haddad sai da missa na igreja católica atacando evangélicos

Com 16 pontos atrás de Bolsonaro no 2º turno, de acordo com pesquisa Datafolha, candidato petista faz qualquer negócio e diz qualquer coisa em busca de votos.

 

O blog de maior audiência do País, O Antagonista, publicou nesta sexta-feira, 12 de outubro, que Fernando Haddad, candidato do PT a presidente da República, “atacou o ‘fundamentalismo charlatão’ de Edir Macedo (líder da Igreja Universal) depois de sair de uma missa em homenagem a Nossa Senhora Aparecida”. Para o blog, Haddad “está usando a Igreja Católica para se contrapor aos evangélicos que declararam apoio a Jair Bolsonaro”. 

O Antagonista vai mais além: “O PT, que sempre jogou pobres contra ricos, negros contra brancos, nordestinos contra sulistas, agora tenta jogar católicos contra evangélicos. A Guerra dos Trinta Anos chegou ao Brasil com quatro séculos de atraso”.

Haddad cita filho de José Alencar para ministro da Fazenda

 

Candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira (11/10) que o empresário Josué Gomes (PR) "tem todas as condições, perfil e sensibilidade social" para ser o ministro da Fazenda em eventual governo petista. "É um grande nome, que foi cotado para vice na nossa chapa", destacou o petista em entrevista à CBN. De acordo com Haddad, o ministro da Fazenda deve focar geração de empregos e deve ser do ramo empresarial. "Não quero banqueiro no Ministério da Fazenda". destacou o petista.

Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: Novembro de 2012
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
  • Tel/Whatsapp: (73) 99814-6777