Menu

SWF file not found. Please check the path.

26 de Março de 2017

Cabrália: Sem terras ocupam sede da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura

Dezenas de integrantes do movimento de trabalhadores sem terras da URC (União da Resistência Camponesa) ocuparam a sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura de Santa Cruz Cabrália, nesta terça-feira (14), para reivindicar solução para a questão da terras do Projeto São Miguel e do Rio do Sul, que segundo o coordenador do movimento, Antonio Carlos Fereira, seriam destinadas à reforma agrária mas “foram griladas e repassadas à Veracel Celulose”.

O coordenador da URC disse ao Bahia40graus que cerca de 1500 pessoas estão acampadas próximo ao local reivindicado pelo movimento, passando necessidade, com as crianças sem escola e a comunidade sem assistência do poder público. Eles foram retirados das terras por ordem judicial de reintegração de posse e acusam a Veracel de destruir o plantio que havia no local.  

O secretário municipal de Meio Ambiente e Agricultura, Euclides Sena, se reuniu com os ocupantes e garantiu a ida a Salvador para tratar do assunto com o governo estadual. As terras reivindicadas têm aproximadamente 16 hectares.

 

 

Leia mais ...

Pataxós ganham prazo na Justiça e continuam nas terras de Nova Coroa e Ponta Grande que a Goes Cohabita alega ser dona

A audiência realizada na tarde desta terça-feira, 7 de março, na Vara da Justiça Federal em Eunápolis, para tratar da disputa pela posse das terras de Nova Coroa e Ponta Grande, localizadas entre os municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, resultou no adiamento da decisão para que os indígenas e a Funai apresentem novos documentos referente ao litígio. Cerca de 500 famílias pataxós ocupam as terras há mais de 10 anos, mas há um conflito com a construtora Goes Cohabita, que alega ser a proprietária da área, inclusive obtendo na Justiça, no final do ano passado, liminar de reintegração de posse. Assessores técnicos e o presidente da Funai, Antônio Costa, vieram de Brasília exclusivamente para participar da audiência. A entidade entrou com diversos recursos pedindo a suspensão da liminar. O secretário municipal de Assuntos Indígenas, Zeca Pataxó, representou Santa Cruz Cabrália e outras entidades. Na semana passada, o prefeito de Cabrália, Agnelo Santos, preocupado com o desfecho da situação, fez reunião com as lideranças indígenas locais, que estão mobilizadas para protestar em caso de um resultado desfavorável na Justiça.    

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777