Menu
21 de Janeiro de 2018

Embasa joga esgoto no Rio Mucugê em Porto Seguro e leva multa de R$ 1 milhão

A Secretaria de Meio Ambiente de Porto Seguro aplicou multa de R$ 1 milhão contra a Embasa, no último dia 8 de janeiro, por ter jogado esgoto no Rio Mucugê, na semana passada. Segundo a própria estatal, houve um rompimento acidental na rede de esgoto do distrito de Arraial D’Ajuda, causando despejo de efluentes dentro do rio. Como não é a primeira vez que acontece, a multa foi salgada. Mas a Embasa ainda tem 20 dias para recorrer.

A estatal mantém uma estação elevatória de tratamento de esgoto dentro de uma Área de Proteção Ambiental em Arraial D’Ajuda, na estrada entre o bairro São Francisco e Vilas do Arraial. Moradores do distrito querem que empresa feche o local. 

Na semana passada também, uma turista postou um vídeo nas redes socais denunciando suposto despejo de esgoto na praia, que viralizou na internet. Mas segundo Bené Gouveia, secretário de Meio Ambiente, as cenas do vídeo mostrando forte vazão do Rio Mucugê chegando a praia não se tratava de esgoto, mas sim de vazão natural do manancial. Fiscais da Secretaria analisaram a balneabilidade da água da praia de Mucugê.     

Leia mais ...

Vídeo de suposto esgoto lançado em praia de Arraial D’Ajuda gera polêmica

Gerou muita polêmica nesta terça-feira, 2 de janeiro, um vídeo postado em grupos de imprensa nas redes sociais por uma jornalista de Porto Seguro mostrando o que seria a vazão de esgoto desaguando na praia de Mucugê em Arraial D’Ajuda. 

A jornalista Áurea Chatarina, que postou o vídeo, diz que a autora seria uma turista indignada, mas que a situação ocorre no local há alguns anos sem que as autoridades tomem providências. Áurea disse ainda que a turista iria prestar queixa na delegacia de polícia do distrito. Mas houve quem dissesse que o fato não procedia. 

A prefeitura informou que no local não há lançamento de esgoto por parte da Embasa e que o vídeo mostraria um fenômeno natural de vazão do pequeno Rio Mucugê, que “em determinadas épocas do ano e com as mudanças climáticas, incluindo alterações do lençol freático, sofre interferências naturais e rompe barreiras, causando maior vazão de água e com isso carrega no leito matérias orgânicas em decomposição, como folhagens e até aves desse habitat que se alimentam de dejetos naturais”. 

Ainda segundo a prefeitura, “essa correnteza mais forte deságua na praia de Mucugê, com águas turvas em razão dos sedimentos acumulados no fundo do Rio e com odor específico de água parada”. 

O vídeo provocou ao menos a mobilização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente que deslocou fiscais e técnicos da pasta até o local, constatando a “normalidade das águas e balneabilidade apropriada, não havendo qualquer vazamento de esgoto”, de acordo com a fiscalização. 

Bahia40graus ainda não conseguiu contato coma  Embasa, estatal responsável no município pelo serviço de água e esgoto. 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777