Menu
Banner Prefeitura TOPO
24 de Setembro de 2017

Trânsito caótico em Porto Seguro é falta de que: ação, preparo ou planejamento?

Mais uma vez o trânsito em Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, que este ano vai hospedar a seleção da Suíça durante os preparativos para a Copa do Mundo, virou um inferno. O Réveillon atraiu milhares de turistas, mas o desconforto foi geral. A cidade travou no centro e na orla. A Prefeitura teve tempo de sobra - um ano - para planejar e organizar o trânsito, mas o que se viu foi o caos se repetir, muita desorganização, falta de fiscais e despreparo total.

A Secretária de Transporte e Serviços Públicos deveria se debruçar sobre o problema, mas falta experiência à equipe montada pela ótica política e não técnica. Desde o carnaval que a situação vem sendo enfrentada, com planos frustrados e desinteresse por parte da maioria. Algumas idéias foram válidas, outras não funcionaram e o resultado é o que se vê: a cidade mete vergonha. Alguns fatos são dignos de nota:

1 - As operadoras de turismo continuam estacionando seus ônibus e vans aonde querem e circulando no centro a qualquer hora; A CVC e a Forma parecem ter a certeza da impunidade;

2 – A falta de sinalização nos bairros e vias de acesso levou alguns turistas a se perderem na tentativa de evitar o engarrafamento na orla. Há relatos de turistas que ficaram perdidos no bairro Paraguai, pra se ter uma idéia da dimensão do caos;

3 – A Prefeitura colocou nas ruas cerca de 15 fiscais de trânsito, apenas, nem todos preparados, embora esforçados. O baixo salário oferecido não atraiu gente para a função;

4 – Nada foi feito nas vias de acesso da orla norte para desafogar o trânsito, como foi prometido. As melhorias na Rua do Telégrafo ficaram na conta do kaô;

5 – Um capítulo à parte no trânsito é o comportamento imprudente dos taxistas, que cortam os veículos pelo acostamento como se fosse uma via exclusiva, sem que autoridades façam nada;

6 – Outra coisa curiosa: em Porto Seguro não há semáforos (sinaleiras), a não ser aquela do Terminal Rodoviário, na BR 367. Os cruzamentos são feitos na base na lei do mais esperto, sem critério nenhum;

7 – Não há fiscalização da Lei Seca na orla norte, trecho onde motoristas são acostumados a saírem das barravas de praia visivelmente alcoolizados.  

Enfim, não dá pra viver, passear e ser feliz na cidade mãe do Brasil com o trânsito desordenado desse jeito na alta temporada e feriados. Com a Copa do Mundo este ano trazendo um fluxo bem maior de turistas do que nos anos anteriores, o que já é crítico pode ficar bem pior se a Prefeitura não encontrar uma solução imediata.

Leia mais ...

Porto Seguro: três homicídios em apenas dois dias

Com apenas dois dias, 2014 já tem registrado o terceiro homicídio em Porto Seguro, ocorrido na manhã desta quinta-feira, 2 de janeiro, no bairro Baianão, onde a Polícia Militar instalou uma Base de Segurança, mas a medida, pelo visto, ainda não surtiu efeito.

Por volta das 11 horas, segundo o site Radar64, o comerciante Sidney da Silva Duarte, 40 anos, foi assassinado em sua loja de móveis usados, na Rua 27 de maio.  Segundo o site de notícias, um homem entrou na loja e disparou vários tiros contra o comerciante, que morreu no local. A Polícia Civil investiga o caso.

Com a morte do comerciante, que deixa mulher e três filhos, sobe para três o número de homicídios em Porto Seguro no começo deste ano. Um no bairro Vila Vitória, um no distrito de Pindorama e este no Baianão. Considerando-se que 2013 terminou com um assassinato em plena Passarela do Álcool, de um preposto da Prefeitura, a violência parece estar fora de controle. Todos os três crimes têm características de execução.

Leia mais ...
  • Jornalista Responsável: Carlos Geraldo Alves MTE/BA 4162 - Fundação: janeiro de 2008
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel.: (73) 3281-6908 / (73) 99814-6777