Presidente da Câmara de Eunápolis não pode evitar discussão política no plenário

Está completamente equivocado o vereador e presidente da Câmara de Eunápolis, Jorge Maécio (PP), ao falar que o vereador não pode usar a tribuna como palanque.

O Legislativo é o poder mais antigo da história do Brasil e por natureza tem vocação democrática. 

A Câmara é o lugar para se discutir política e a tribuna da Casa é sim um palanque público onde o parlamentar, que em tese representa a população, tem direito constitucional de se manifestar politicamente. 

O regimento interno da Casa prevê 2 expedientes: um para falar da pauta do dia e outro para assuntos diversos e mais amplos, a critério dos edis inscritos.

Em ano eleitoral, candidato a reeleição, Maécio quer inventar regra. Melhor seria ele explicar os gastos excessivos, embora aparentemente legais, praticados na gestão com contratos de assessorias, diárias, combustíveis e outros. 

Os vereadores de Eunápolis voltaram do recesso de fim de ano na quinta-feira, 6 de fevereiro. E por ser ano eleitoral é claro que os pronunciamento e debates prometem ser quentes. 

error: