Viradouro ganha o carnaval com “As Ganhadeiras de Itapuã”

Spread the love

Com o enredo bem contado, um samba cativante que contagiou o público na arquibancada e um desfile impecável, a escola de samba Unidos do Viradouro levou a Bahia para a Sapucaí e fez um desfile que exaltou as mulheres negras de Salvador, no domingo (23/2). A escola foi a segunda a desfilar no primeiro dia do Grupo Especial do carnaval carioca. O desfile foi transmitido ao vivo pela TV Globo.

O enredo “Viradouro de alma lavada” falou sobre o grupo das Ganhadeiras de Itapuã, 5ª geração de mulheres negras, escravas, que lavavam roupa na Lagoa do Abaeté e faziam outros serviços em Salvador em busca da compra da própria alforria.

O desfile mostrou as atividades que as Ganhadeiras exerciam: lavar roupa, carregar e vender água, cozinhar e vender alimentos, costurar, vender bugigangas etc.

A rainha de bateria, Raissa Machado, pelo sétimo ano na Viradouro, vestiu uma fantasia em homenagem à rainha dos Malês, Luiza Mahin, uma das lideranças da revolta pela libertação dos escravos em Salvador.

O grupo de encerramento se chamava “Lute como uma mulher!”, e levou mulheres negras ligadas à pauta feminista para a avenida.

Com informações e foto do portal G1.

ASSISTA O DESFILE E (RE)VEJA AS FOTOS CLICANDO AQUI

error: