ACM Neto disse que Bolsonaro errou ao participar das manifestações

Prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas (DEM), ACM Neto, criticou duramente nesta segunda-feira, 16 de março, a decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), de participar das manifestações que aconteceram no domingo (15). Dentre outras pautas, o movimento pedia o fechamento do Congresso e do STF, além da volta do regime militar.

Com casos de coronavírus confirmados em pessoas próximas, Bolsonaro ignorou as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde para evitar aglomerações. No ato em frente ao Palácio da Alvorada, ele cumprimentou tocando nas mãos, abraçou e tirou foto com manifestantes.

“Acho que o presidente errou. Não teve a postura que o cargo exige. Nesse momento é fundamental dar exemplo. Todos nós estamos vivendo uma situação de restrição. E, mais do que isso, a hora agora não é de provocação entre os poderes. O mundo inteiro vivendo uma das maiores crises da história, o Brasil mergulhado nessa crise, ainda com muitas incertezas, veja se é hora de presidente da Câmara, do Senado, do Supremo estar sendo confrontado com presidente da República. Gente, isso é uma irresponsabilidade. Isso é uma falta, eu diria, até que bom senso com o cidadão comum, coitado, que está ali e não tem como se defender. Contra a manifestação, eu não tenho nada para opinar”, disse o prefeito de Salvador.

ACM Neto ponderou, contudo, o direito dos manifestantes em irem às ruas. “Contra a manifestação, eu não tenho nada para opinar. O cidadão tem direito de ir para rua e fazer sua manifestação. E cada um ali deve ter avaliado o risco que estava correndo. Está dentro do direito de cada cidadão. Agora, a postura do presidente eu acho altamente condenável. Lamentável”, reforçou.

Fonte: Bahia.ba

error: