Como vereadores de Porto Seguro querem embolsar mais de R$ 1 milhão segundo o advogado Miro Pautz

Spread the love

Processo corre em 1ª instância na Vara da Fazenda Pública da Comarca local e pede direitos retroativos a 2013. Leia e entenda. 

Voltando aos tempos de jornalista investigativo polêmico, o advogado Miro Pautz denuncia em seu perfil no Facebook a manobra de 10 vereadores e 3 ex-vereadores de Porto Seguro para receber 13º e terço de férias RETROATIVOS a 2013 até 2020. 

Miro, que anunciou ao Bahia40graus para breve sua volta à imprensa com o blog “O Sistema – “quem tá dentro não sai, quem tá fora quer entrar”, dá nome aos bois: Élio Brasil, Robinson Vinhas, Lázaro do Axé Moi, Cido, Benezinho do Arraial, Dilmo, Nido, Rodrigo Borges, Hélio Pinheiro e Robério Moura. E mais 3 ex-vereadores: Marcos da Aurora, Nilsão e Korea.

O advogado ressalta que o direito a 13º e terço de férias para vereadores passou a valer somente a partir de 24 de agosto de 2017, após decisão do STF, não tendo cabimento receber os benefícios retroativos a 2013. 
Bahia40graus vai tentar ouvir os edis, Ministério Público e a Procuradoria municipal para esclarecer os fatos. Afinal, em tempos de profunda crise econômica mundial por conta do novo coronavírus, como destaca Miro Pautz, com reflexos imprevisíveis para o Brasil e Porto Seguro, essa ação dos 13 vereadores é um verdadeiro deboche com a população.

error: