Sem ônibus população corre risco de pegar coronavírus nas lotações em Eunápolis

Nesse período onde apenas os serviços essenciais deveriam funcionar, o deslocamento de pessoas entre bairros e centro não está sendo fiscalizado pela prefeitura no transporte público feito clandestinamente por lotações.

Os trabalhadores dos serviços essenciais precisam contar com transporte seguro em relação ao novo coronavírus. 

O ônibus coletivo mantendo o distanciamento indicado e quantidade limitada de  passageiros seria a melhor opção de transporte público. 

O MInistério Público que foi rigoroso no quesito da gratuidade no transporte coletivo, também poderia intervir agora para requerer a regulação do serviço.

Num carrinho apertado de lotação com 5 ou mais pessoas o risco de contaminação pelo vírus da Covid-19 é muito alto.

Fica a sugestão.