Prefeito de Eunápolis prefere o asfalto eleitoreiro do que respiradores para salvar vidas

Spread the love

Apesar do asfalto ser uma obra importante, agora, mais importante do que tudo, é preservar as vidas.

Governando há 2 anos sob liminar da justiça federal, à espera do desfecho das investigações da Operação Fraternos, o prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD), parece que só se preocupar com sua campanha de reeleição, mesmo sem ter certeza de a justiça eleitoral vai aceitar seu pedido de registro de candidatura, diante do histórico de processos a que responde e condenações em colegiado de 2ª instância.

Robério continua gastando o dinheiro do município com asfalto (sem qualquer cerimônia), apesar da queda brusca na arrecadação nos 2 últimos meses e a ameaça da pandemia do novo coronavírus rondando a cidade, que já registra 20 casos da doença. O número de casos deve ser bem maior, mas a prefeitura não está testando nem mesmo quem procura a rede de saúde com sintomas de gripe.

Qual a prioridade?

Obra eleitoreira em tempos de pandemia e de queda na arrecadação

Em tempos de pandemia, a prioridade da prefeitura deveria ser cuidar da saúde da população, mas o prefeito, concluindo seu 3º mandato, parece não se importar com isso. E não é de agora. 

O hospital da cidade não tem estrutura nenhuma para absorver uma demanda maior do Covid-19, segundo relatos de funcionários, sindicato dos servidores e do presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores. Os funcionários da Casa não foram todos testados e trabalham sem proteção adequada. Até o Samu no município é precário. 

Asfalto eleitoreiro

Mas a propaganda do asfalto não para. Robério sequer cancelou a festa junina de São Pedro, o Pedrão, quando as cidades com festas juninas tradicionais em todo o estado já cancelaram. 

Jogando com a Sorte

O prefeito de Eunápolis joga com a sorte, numa conduta irresponsável que conta com a omissão da sociedade civil organizada. A cidade funciona sem um isolamento social adequado, a prefeitura segue gastando com asfaltamento de ruas,, prova de que a saúde pública não está tendo prioridade nesse momento.

Eunápolis está desse jeito!

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus

Respeito o direito autoral, só reproduza este conteúdo com autorização do autor

error: