Polícia Militar apoia fiscalização da Vigilância Sanitária no comércio em Eunápolis

Spread the love

Com apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM), a Vigilância Sanitária intensificou essa semana, em Eunápolis, a fiscalização de estabelecimentos comerciais com atividades consideradas não essenciais, que estão impedidos de funcionar por força do decreto municipal 9.045, mas que insistem em abrir as portas.

Segundo a Vigilância, no Centro da cidade e no bairro Pequi os casos são mais recorrentes. 

Segundo o decreto, as restrições visam combater a disseminação do coronavírus no município, evitando que aglomerações sejam formadas nos centros comerciais. 

Covid-19

Até sexta, 15 de maio, segundo a prefeitura, a cidade já registrou 52 casos da covid-19 (taxa de 2.1 por cada 1.000 habitante) e 1 óbito.

São 145 pessoas em monitoramento; 29 testes aguardando resultado; 32 pacientes recuperados e 19 em isolamento. 

Higiene

Também estão sendo fiscalizados os estabelecimentos com funcionamento autorizado, verificando se as medidas de higiene estão sendo tomadas. Os proprietários foram orientados a controlar as filas, evitar aglomerações, determinar distâncias de segurança dos funcionários, como a disponibilização do álcool em gel e uso de máscara.

Mas a Vigilância Sanitária não informa o resultado da fiscalização, falta transparência, como em todas as ações da Secretaria de Saúde local. 

A população precisa contar com informações transparentes sobre a fiscalização dos alimentos em supermercados, restaurantes que estão vendendo por delivery, açougues e frigoríficos, além de revendas de água mineral. 

Denúncias

Para denunciar o funcionamento irregular do comércio, a Vigilância Sanitária pode ser acionada pelo telefone 3281-1141 (horário comercial), ou a Polícia Militar pelo 190.

error: