Porto Seguro vai reabrir o turismo mas como vai fiscalizar os protocolos?

Spread the love

A reabertura de toda a rede hoteleira (cerca de 50 mil leitos), restaurantes, barracas de praia e dos passeios turísticos em Porto Seguro está definida para o próximo dia 15 de julho. 

A notícia agradou em cheio o trade, mas não se pode fechar os olhos para o cenário preocupante. Como a prefeitura vai fiscalizar a obediência aos protocolos se falta pessoal e estrutura?

Cada segmento deverá seguir protocolos pré-estabelecidos, mas na prática, a teoria pode ser outra. 

Cronograma

Hotéis, restaurantes e barracas deverão operar com 50% da capacidade em julho, 70% em agosto e 100% a partir do mês de outubro;

1 – O cronograma de reabertura estaria baseado em parâmetros sanitários?

2 – No dia 15 de julho a cidade terá ao menos 50% dos leitos de UTI disponíveis? Atualmente a saúde local está em colapso e a prefeitura não faz testes em massa;

3 – A saúde municipal ainda não apresentou relatórios detalhados do acompanhamento da pandemia no município: bairro a bairro, perfil dos pacientes, política para realização de testes etc. O que faz são boletins estatísticos incompletos;

4 – É de conhecimento da população que a prefeitura não tem efetivo nem estrutura para fiscalizar os hotéis, restaurantes e barracas de praia na orla norte e na orla sul;

5 – Como o poder público vai fiscalizar táxis, aplicativos, mototaxis, balsas, transportes coletivo, lotações, rodoviária e aeroporto, se não faz isso com eficiência em condições normais?

error: