Conselho de Educação é mais um teatro em Eunápolis

Como acontece no Conselho de Saúde, o colegiado que precisava fiscalizar a Educação municipal encena reuniões para encobrir os problemas do setor.  

Na manhã desta quarta-feira, 5 de maio, o Conselho Municipal de Educação realizou mais uma reunião ordinária para ‘encher linguiça’, com leitura de ofícios e informações irrelevantes para a melhoria da estrutura do setor, que tem problemas graves como falta de merenda, transporte escolar precário, falta de professores e pessoal de apoio, além de um calendário letivo preocupante.

A novidade dessa vez foi a importante presença da Apade – Associação de Pais dos Alunos da rede municipal – que influenciou na pauta de hoje, discutindo a questão da reposição das aulas, ao menos.

Ressalte-se a participação coerente e atuante da APLB, Sindicato dos professores. Enquanto a secretária de Educação e seus coligados fazem de tudo para manter as coisas do jeito que estão. Eunápolis engrenou a marcha-à-ré com motorista acelerando e olhando pra frente, quer dizer, pro bolso.