Ministério Público entra na Justiça contra ex-diretora do Hospital Regional de Eunápolis

Caline Rodrigues furou a fila da Regulação para fazer cirurgia inédita de lipoaspiração.

O Ministério Público estadual (MP-BA), por meio do promotor de Justiça Dinalmari Mendonça Messias, ajuizou ação civil pública contra a ex-diretora administrativa do Hospital Regional de Eunápolis, Caline Rodrigues da Silva Bittar, por ter realizado uma cirurgia no hospital sem passar pela fila de Regulação do SUS. caline é esposa de Ronivaldo Rodrigues, advogado e assessor especial do gabinete do prefeito, que atua como articulador do Executivo na Câmara de Vereadores.

Médico também vai responder

O MP-BA acionou também o médico cirurgião Marley Soares de Souza, que realizou a cirurgia de lipoaspiração em Caline Rodrigues. “Eles agiram como se o Hospital Regional de Eunápolis fosse de propriedade pessoal deles, onde poderiam fazer o que quisessem, sem seguir qualquer regra”, afirmou o promotor de Justiça.

Na ação, o MP requer, em caráter liminar, o bloqueio de valores dos acionados e a restrição de venda a veículos até montante do valor de cerca de 101 mil reais. Como pedido final, o MP-BA pede a condenação dos acionados nas sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa, inclusive ressarcimento integral do dano e perda da função pública.

Segundo o promotor de Justiça, o hospital nunca fez uma cirurgia dessa, “não tendo sequer aspirador para lipoaspiração, que foi levado para a cirurgia pelo acionado Marley”. O Município já exonerou Caline Rodrigues do cargo de diretora administrativa do hospital após o caso ser exposto na imprensa e redes sociais. A secretária de Saúde à época era Stella Souza, hoje gestora do Conesems.