Laranjal do PSL: assessor do ministro do Turismo é preso pela PF

A Polícia federal prendeu na manhã desta quinta-feira, 27 de junho, em Minas Gerais, um assessor especial e dois ex-assessores do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Todos são alvo de investigação sobre o caso das candidaturas de laranjas do PSL na eleição de 2018. Ainda há em andamento mandados de prisão e busca e apreensão, autorizados pela Justiça mineira, no Rio de Janeiro e no DF.

O assessor especial e braço direito do ministro do Turismo, Mateus Von Rondon Martins, foi preso em uma casa que fica em um complexo de apartamentos às margens do Lago Paranoá, em Brasília.