Proden cobra providências para evitar mais violência na zona rural no sul da Bahia

Em Nota emitida nesta quinta-feira, 4 de julho, a Proden – Associação que reúne terceirizados da Veracel Celulose – emitiu Nota cobrando do governador da Bahia providências para impedir que se repitam atos de violência e vandalismo como os que ocorreram na terça-feira passada (2/7), em uma propriedade da Veracel, no município de Belmonte, no extremo sul do estado. 

A Nota, assinada pela presidente da Associação, Victória Rizo, pede o “enquadramento dos responsáveis pelo ataque a pessoas e equipamentos” de uma empresa de segurança patrimonial, associada da Proden, e alerta que “estão em risco a manutenção de investimentos, empresas, prestadores de serviço na região.”
A Proden entende que o cenário de violência impede o crescimento econômico e a ampliação dos espaços de negócios no sul da Bahia.