Prefeito de Eunápolis apela para uso político da religião

Com muita fé no poder do dinheiro, o prefeito de Eunápolis está tentando convencer lideranças religiosas duvidosas, promovendo reuniões com pregadores para buscar recuperar sua imagem muito desgastada após tantos escândalos de corrupção envolvendo ele e família, além da ineficiência da gestão na educação, saúde e infraestrutura. 

À base do toma lá dá cá como moeda de troca, Robério usa a oferta de cargos e outras vantagens da máquina pública de olho em 2020, mesmo estando juridicamente inelegível, mas ainda pretende fazer o sucessor, caso passe impune pelas duas operações da Polícia Federal, Gênesis e Fraternos, e ainda pelas dezenas de processos aos quais responde na Justiça. 

Por Geraldinho Alves, jornalista e editor do Bahia40graus