Mesmo afastado prefeito de Eunápolis autorizou pagamentos e vira réu por isso 

Mais um processo de improbidade para a coleção do prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD). Agora, por ele ter autorizado pagamentos quando estava afastado do cargo no final de 2012.  

Segundo o blog BahiaNotícias, a decisão contra Robério foi publicada nesta quinta-feira (24/7) e foi tomada pelo desembargador José Cícero Landin Neto do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).  

2012 

No final de 2012, mesmo afastado do cargo pelo TJ-BA, Robério teria feito pagamento de contratos e até parcelamento de débitos com a Receita Federal, argumenta o Ministério Público estadual (MP-BA).  

Ainda segundo o blog, a vice-prefeita à época, Maria Menezes, que não assumiu o cargo alegando não ter sido notificada não responderá como ré nessa ação.