Bloqueio de 60% do precatório em Itabela não é fake é fato

A liminar do TJ-BA existe. O bloqueio só depende do prefeito ser intimado.

O oficial de Justiça precisa intimar o prefeito Luciano Francisquetto o quanto antes para que seja cumprida a liminar do TJ-BA determinando o bloqueio de 60% do dinheiro do precatório do Fundef. E que também pede a apresentação do extrato atualizado da aplicação financeira desse dinheiro, que tem que ficar disponível para eventual pagamento aos professores. 

A liminar determina o bloqueio como tutela cautelar. Visa garantir o resultado da apelação caso o julgamento do mérito seja favorável à APLB. Apesar do que disse até um notório advogado contratado pelo prefeito, o bloqueio não é fake. É fato!