Primo de Edir Macedo pediu doações para Crivella desde 2004 revela delator

Segundo o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim, o ex-presidente da Fetranspor, Lélis Teixeira, abriu o bico e delatou o esquema de doação para o ex-senador e atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. Lauro Macedo, primo do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, seria a pessoa apontada pelo delator que passou a fazer os pedidos de doações para campanhas de Crivella, desde 2004.