Bolsonaro volta atrás sobre desmembrar ministério de Moro: “chance é zero”

Depois de declarar antes de embarcar para Índia em viagem oficial, na quinta-feira (23/1), que a recriação do Ministério da Segurança Pública estava em estudo e que o ministro da Justiça Sérgio Moro não iria gostar, o presidente Jair Bolsonaro voltou atrás e disse que a recriação da pasta tem “chance zero” de acontecer.

“O Brasil está indo muito bem, na segurança pública os números demonstram que estamos no caminho certo. É minha máxima, né, em time que está ganhando não se mexe”, afirmou o presidente já em Nova Delhi, capital da Índia, nesta sexta-feira, 24 de janeiro.  

A mudança do discurso foi devido à reação de diversos setores políticos e da opinião pública após a fala da recriação da pasta. Perder o poder sobre a segurança pública deixaria o ex-juiz Sérgio Moro mais enfraquecido ainda, uma vez que ele já perdeu o controle sobre o Coaf, teve o pacote anticrime esvaziado e sua indicação para o STF agora virou dúvida.