PM comete excesso na Câmara de Guaratinga

Postado nas redes sociais, um video exibe um soldado que se identifica como sendo da 7ª Cia da PM (sede em Eunápolis) falando ao público da Câmara de Vereadores de Guaratinga, durante uma sessão. O soldado ameaçou, em tom autoritário, dar voz de prisão a quem “atrapalhar” e “tumultuar” a sessão da Câmara.

A manifestação popular dentro do plenário da Casa deve ser livre, não há lei proibindo, desde que essa manifestação seja pacífica.

O máximo que pode ocorrer é o presidente suspender a sessão, afinal, o Legislativo é a Casa da Democracia. A Polícia só deve agir, quando solicitada pela Câmara, para conter os ânimos. Mas Democracia não se faz à base da repressão. Calma aí.