Carta-branca de Bolsonaro dada a Moro já amarelou?

O país assistiu perplexo, antes do Carnaval, o capitão Jair Bolsonaro humilhar seu superministro da Justiça, Sérgio Moro, a quem daria carta-branca para trabalhar. A carta já amarelou? Moro foi obrigado a demitir uma suplente de conselho porque a sua nomeada divergia das posições do governo, ato que abalou a imagem do ex-juiz que comandou com mão de ferro os processos da Operação Lava Jato.

Tiraram Moro da Lava-Jato pra isso? O ex-juiz admirado dos brasileiros não pode virar um mero burocrata submisso a um governo surdo, que fala muita bobagem, não ouve ninguém e pouco produziu até agora nos primeiros 60 dias. Não se pode governar um país como o Brasil sendo um presidente viciado em redes sociais. É preciso muito mais.